Veja como será 2018 na visão das cartas, dos búzios e dos orixás - Notícias

Versão mobile

PREVISÕES 201830/12/2017 | 07h00Atualizada em 30/12/2017 | 07h00

Veja como será 2018 na visão das cartas, dos búzios e dos orixás

DG ouviu um babalorixá, uma taróloga e uma vidente que fazem suas apostas para o ano que começa nesta segunda-feira (1)

Veja como será 2018 na visão das cartas, dos búzios e dos orixás Lauro Alves/Agencia RBS
Éverton de Xangô alerta para um ano ruim, com muita água e deslizamentos de terra Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

O ano de 2018 promete ser intenso. Será o ano do orixá Bará, da fertilidade, de decisões positivas e negativas. Para saber o que os próximos 12 meses nos reservam, o Diário Gaúcho consultou os búzios do babalorixá Éverton de Xangô, o Éverton Alfonsin, que é presidente da Federação Afro Umbandista e Espiritualista do RS (Fauers) e mantém a Casa de Caridade Pai Thomé, em Canoas, e as cartas da taróloga Erotilde Alves dos Santos, a Tide, de Porto Alegre, há mais de 50 anos na função. Também ouviu as previsões da coordenadora do Templo Universal da Paz Pai Francisco de Luanda, a vidente Mestre Tala Santos. 

A pedido do DG, os três adiantam acontecimentos e tendências para o ano que começa nesta segunda-feira. Todos preveem dias de muitos desafios, de surpresas na política e de clima revolto.

CLIMA

Éverton de Xangô

“Será um ano ruim. Muita água. Nosso Litoral está diminuindo, há tendência de sumirem muitas praias. Devem ocorrer deslizamentos de terra. Pessoas que moram em encostas de morros precisam ter cuidado.” 

Mestre Tala

“Teremos muitas calamidades, enchentes, tornados, tempestades e desmoronamentos. Devemos rezar muito. Há muito vento e muito granizo.” 

Taróloga Tide

“Ano de chuvas, enchentes e mar subindo. Quem tem casa na beira da praia precisa de cuidado. O clima ajudará para que seja um bom ano para a agricultura e agropecuária.” 

SAÚDE

Éverton de Xangô

“Pessoas com problemas de asma e bronquite precisam se cuidar devido ao excesso de umidade. Cuidado com doenças infecciosas. Surgirá uma doença diferente, que ainda não existe, que vem da respiração.” 

Mestre Tala

“Cuidado com diabetes, vias respiratórias e articulações. Ano de depressão e ansiedade, as pessoas estão amedrontadas. Porém, ano de avanços na medicina e de criação de novas vacinas.”

Taróloga Tide

“Ano de epidemias ligadas ao calor e à chuva. A dengue deve voltar com força.” 

EMPREGO

Éverton de Xangô

“A partir de março, abrem-se os caminhos para quem estiver procurando emprego. Empresas voltam a investir a partir daí.”

Mestre Tala 

“Um ano de grandes oportunidades.”

Taróloga Tide

“A economia dará uma pequena melhorada e haverá maior oferta de trabalho. Será uma reação. Mas o Brasil só começa a respirar mesmo a partir de 2019.”

BRASIL

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 20-12-2017: Previsões de final de ano e de começo de 2018 com a Mestre Tala, em matéria para o Diário Gaúcho (FOTO FÉLIX ZUCCO/AGÊNCIA RBS, Editoria de Geral).
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Éverton de Xangô

“Negociações internacionais importantes serão feitas sem conhecimento da população. Michel Temer está mal de saúde. Ele tem mais alguma doença que não é divulgada. Ele não ficará no cargo até o final do mandato por motivos de saúde. Na eleição, ganhará quem já ganhou. Se não prenderem o Lula, ele vencerá. Jair Bolsonaro não tem chance alguma.”

Mestre Tala 

“Os eleitores estarão divididos. O partido do Michel Temer não é o que terá predominância. Haverá mudanças políticas. Nos próximos oito anos, entraremos em um ciclo de reformas e correção de erros existentes. Vejo duas mulheres e um homem muito fortes nesta eleição.”

Taróloga Tide

“O presidente eleito será uma pessoa nova. É político, mas nunca se candidatou para presidente. Uma pessoa que virá para mudar tudo. Será uma pessoa muito boa. Por enquanto, não manifestou interesse em concorrer. Temer não termina o mandato por motivos de saúde e muitos dos projetos que ele quer não passarão. Lula será preso, não ficará na cadeia por muito tempo, mas não concorrerá às eleições.” 

RIO GRANDE DO SUL

Éverton de Xangô

“Quem vai concorrer ao Piratini e que terá força é uma pessoa de fora de Porto Alegre. Os que estão hoje, se concorrerem, não ganham. Ocorrerá troca de pessoas do governo antes do final do mandato. A crise financeira piora, com salários parcelados o ano inteiro para o funcionalismo estadual.” 

Mestre Tala

“Vai haver mudança total na política do Rio Grande do Sul. O partido atual (PMDB, do governador José Ivo Sartori) não se reelege.”

Taróloga Tide

“Não haverá reeleição. O novo presidente ajudará muito o novo governador. O gaúcho estará mais ponderado e não irá mais atrás de promessas.” 

PORTO ALEGRE

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 26/12/2017 -Previsões para 2018 com a Taróloga Erotilde Alves da Rosa, a Tide!. (FOTO ANDRÉA GRAIZ/AGÊNCIA RBS)Indexador: Andrea Graiz
Foto: Andréa Graiz / Agencia RBS

Éverton de Xangô

“Marchezan terá que se segurar muito forte na cadeira, vão tentar tirar ele da prefeitura.”

Mestre Tala

“Será um ano de luta e retaliação a Marchezan. Se ele não fizer mudanças grandes e efetivas, será muito ferido com palavras. Ele tem potencial, mas tudo depende da sua atitude.” 

Taróloga Tide

“Marchezan tem boas intenções, mas é muito novo para o cargo. Ele quer fazer as coisas, mas coloca os pés pelas mãos. Se ele não mudar, corre risco de sair antes de o governo acabar.” 

SEGURANÇA

Éverton de Xangô

“Cuidado ao sair à noite. Cuidado com a desatenção. Orixás colocarão as pessoas toda hora à prova. Dessa vez, não só em Porto Alegre, mas em todo o Estado. Escassez de dinheiro reforçará a diferença.” 

Mestre Tala

“Muito cuidado ao sair à noite. Vai haver muita morte e criminalidade. Vejo um extermínio muito grande de irmãos que estão em situação decadente.” 

Taróloga Tide

“Será um ano difícil e de muita criminalidade. Haverá mudança nas pessoas que comandam a segurança. Ano de muito crime passional entre casais.” 



 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros