Bandidos explodem agência bancária em Mariana Pimentel e trocam tiros com policiais - Notícias

Versão mobile

 

Ataque a banco09/01/2018 | 14h31Atualizada em 09/01/2018 | 14h31

Bandidos explodem agência bancária em Mariana Pimentel e trocam tiros com policiais

PMs seguem nas buscas, mas não têm novas informações sobre a quadrilha

Bandidos explodem agência bancária em Mariana Pimentel e trocam tiros com policiais Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Agência do Banrisul ficou destruída após explosão Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação

Pelo menos quatro homens armados atacaram uma agência do Banrisul em Mariana Pimentel, cidade de 4 mil habitantes, no sul do Estado, por volta de 1h30min desta terça-feira (9). A quadrilha usou explosivos para abrir um terminal eletrônico e o cofre. A Polícia Civil afirma que o dinheiro foi levado. 

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Conforme a polícia, câmeras de segurança mostram dois homens armados descendo de um carro e se escondendo atrás de postes. Eles estão portando armas longas e cuidam do perímetro enquanto outros dois criminosos invadem a agência e promovem as explosões. Ao menos três detonações foram feitas.

O delegado João Paulo Abreu, da Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), afirma que os explosivos danificaram severamente a parte interna da agência. O deslocamento de ar fez com que cédulas caíssem na frente do Banrisul. Parte delas foi recolhida por pedestres e o resto coletada pelo Instituto Geral de Perícias (IGP).

— Há várias notas espalhadas pelo chão. Dinheiro também caiu em frente à agência e parou em dois pinheiros que existem na frente da agência — comentou o delegado. 

Os bandidos fugiram em uma caminhonete por uma estrada municipal, conhecida como Estrada Principal. Depois, acessaram outras vias de chão batido, que dariam acesso para a BR-116. No entanto, a Brigada Militar montou uma barreira na estrada, próximo à rodovia federal, e houve troca de tiros entre policiais e bandidos. A quadrilha retorno pela mesma estrada e espalhou miguelitos, fazendo com que a viatura da BM tivesse pneus furados. 

Tiro causou furo em viatura
Tiro de grosso calibre atingiu viaturaFoto: Brigada Militar / Divulgação

Os criminosos também acertaram um tiro de grosso calibre no carro usado pelos policiais, que tiveram de parar a perseguição por causa dos pneus. Os assaltantes conseguiram fugir, mas buscas ainda são feitas. Às 7h30min, a BM informou que dois batalhões estavam envolvidos nos trabalhos, que ficam concentrados em um trecho de propriedades rurais entre Mariana Pimentel e Sertão Santana. 

Os PMs suspeitam que a quadrilha tenha deixado o carro em um matagal e fugido a pé. No entanto, até agora, nenhum veículo foi localizado. 

A Polícia Civil tenta, agora, identificar os membros da quadrilha. O delegado entende, pela característica da ação, que não é o mesmo grupo que, no final de semana, promoveu um ataque violento no município de Butiá. No entanto, diz que a ofensiva "guarda características de outras ocorridas em 2017". Mais câmeras de segurança devem ser analisadas nos próximos dias. 

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros