Motorista de aplicativo é preso com carga de drogas sintéticas no Litoral - Notícias

Versão mobile

 

Tráfico de drogas16/01/2018 | 13h46Atualizada em 16/01/2018 | 13h46

Motorista de aplicativo é preso com carga de drogas sintéticas no Litoral

Prisão e apreensão de 600 comprimidos de ecstasy foram realizadas pelo Denarc na Operação Verão Sem Drogas

 

Motorista de aplicativo é preso com drogas sintéticas no Litoral Norte
Foto: Polícia Civil

Um motorista do aplicativo Uber foi preso em flagrante na madrugada desta terça-feira (16), em Capão da Canoa, no Litoral Norte. O homem, de 24 anos, estava transportando drogas sintéticas quando foi abordado por agentes da 4ª Delegacia do Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc).

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Foi mais uma ação da Operação Verão Sem Drogas. O delegado Maurício Barison, responsável pela investigação, diz que o traficante foi monitorado por várias horas antes de ser preso. Com ele, foram apreendidos 600 comprimidos de ecstasy e R$ 643. Barison diz que o motorista era utilizado por traficantes para transportar drogas no Litoral.

— Ele levava o ecstasy do distribuidor para o vendedor que atuava em festas, principalmente,  estas com música eletrônica, na região de Xangri-lá — afirma Barison.

Cada comprimido era oferecido por até R$ 85 para os vendedores e depois revendidos por até R$ 100 nas festas, de acordo com levantamento feito pela Polícia Civil. O motorista transportava uma carga avaliada em pelo menos R$ 51 mil. O nome dele não foi divulgado pelo Denarc. 

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Segundo a Uber, o motorista em questão foi desativado da plataforma. A empresa se colocou à disposição das autoridades competentes para colaborar com as investigações.  


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros