Mulher é encontrada morta com sinais de agressão e asfixia em apartamento em SC - Notícias

Versão mobile

 

Violência26/01/2018 | 18h15Atualizada em 26/01/2018 | 18h15

Mulher é encontrada morta com sinais de agressão e asfixia em apartamento em SC

Segundo a polícia, crime teria ocorrido há cerca de quatro dias

Mulher é encontrada morta com sinais de agressão e asfixia em apartamento em SC Arquivo pessoal / Reprodução Facebook/Reprodução Facebook
Foto: Arquivo pessoal / Reprodução Facebook / Reprodução Facebook

A Polícia Civil de Laguna, no sul do Santa Catarina, investiga a morte de Maria Helena Martins, 50 anos. A mulher foi encontrada no próprio apartamento no bairro Magalhães, com marcas de agressão e asfixia. Pelo estado de decomposição do corpo, o assassinato ocorreu há pelo menos quatro dias, segundo a investigação. Os vizinhos acionaram a polícia após estranharem a ausência da mulher e um forte odor vindo do apartamento.

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Segundo o delegado Bruno Fernandes, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Laguna, até o momento uma pessoa foi interrogada, mas negou o envolvimento com o crime e foi liberada. Maria Helena morava sozinha e o corpo foi encontrado no final da tarde desta quinta-feira (25).

— O corpo estava em estado avançado de decomposição, provavelmente o exato momento do homicídio não ocorreu nesta quinta-feira, mas há cerca de quatro dias, ou dentro desse lapso temporal — explicou o delegado.

A mulher apresentava um ferimento na cabeça, e uma poça de sangue foi encontrada no chão da cozinha. Porém, segundo a polícia, ela foi arrastada até o quarto e asfixiada, motivo apontado no laudo preliminar como a causa da morte. 

— Ela teria sido golpeada com algum instrumento na cozinha e arrastada até o quarto. Lá teria sido asfixiada com alguma fita no pescoço, mas depois do trabalho do IGP é que será apontado qual foi a causa da morte dessa mulher — concluiu o delegado.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros