Polícia Civil localiza estufa com quase 50 pés de maconha em Sapiranga - Notícias

Versão mobile

 

Vale do Sinos 18/01/2018 | 18h50Atualizada em 18/01/2018 | 18h50

Polícia Civil localiza estufa com quase 50 pés de maconha em Sapiranga

Homem preso em flagrante negociava sementes, planta e também a droga com cerca de 200 pessoas pelas redes sociais

 

Polícia Civil localiza maconha plantada em estufa no Vale do Sinos
Foto: Polícia Civil

Em ação realizada na tarde desta quinta-feira (18) na área rural de Sapiranga, no Vale do Sinos, a 4ª Delegacia do Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc) localizou um sítio onde era realizado o cultivo de quase 50 pés de maconha em uma estufa. O proprietário do local foi preso em flagrante e, ao todo, quase 30 quilos da droga foram apreendidos. 

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Segundo o diretor de Investigações do Denarc, delegado Mario Souza, a droga só era cultivada em estufa e oferecida para cerca de 200 pessoas por meio das redes sociais. O preso negociava plantas e ainda a droga em gramas para clientes da Região Metropolitana, do Vale do Sinos e do Vale do Caí.

Segundo a investigação, ele oferecia uma droga de alta qualidade, fazendo propaganda de que era uma produção típica do Uruguai, onde o cultivo já foi legalizado. 

— Ele oferecia a flor da planta para o uso, conforme apuramos. Ele vendia até 3 gramas de maconha por R$ 100 — ressalta Souza. 

Polícia Civil localiza maconha plantada em estufa no Vale do Sinos
Foto: Polícia Civil

A estufa tinha cinco metros de comprimento por cinco metros de largura. Cães farejadores foram utilizados para tentar localizar mais drogas no local. No entanto, apenas os pés de maconha cultivados em estufa for encontrados. O nome do preso não foi divulgado pela polícia.  

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros