Carnaval 2018: o que foi destaque na Sapucaí na primeira noite de desfiles do Rio de Janeiro - Notícias

Versão mobile

 

Folia 12/02/2018 | 09h50

Carnaval 2018: o que foi destaque na Sapucaí na primeira noite de desfiles do Rio de Janeiro

Em tom de crítica, escolas levaram a política para a avenida

GaúchaZH
GaúchaZH

 Críticas e homenagens marcaram a primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro. Sete escolas passaram pela Marquês de Sapucaí celebrando países, culturas e passando mensagens bem-humoradas sobre a reforma trabalhista e o corte de verbas na maior festa do país.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Império Serrano 

De volta ao Grupo Especial, o Império Serrano levou a China para a Sapucaí. Além de mostrar a cultura do país, a escola aproveitou para homenagear Arlindo Cruz, que é identificado com a Império e se recupera de um AVC. Maria Rita e Regina Casé usaram camisetas com as frases "Força Arlindo" e "O show tem que continuar". 

 A reveller of the Imperio Serrano performs on the first night of Rio's Carnival at the Sambadrome in Rio de Janeiro, Brazil, on February 11, 2018. / AFP PHOTO / Mauro PIMENTELEditoria: ACELocal: Rio de JaneiroIndexador: MAURO PIMENTELSecao: culture (general)Fonte: AFPFotógrafo: STF
Uma homenagem à ChinaFoto: Mauro PIMENTEL / AFP

São Clemente 

A segunda escola a passar pela avenida levou ao sambódromo uma homenagem aos 200 anos da Escola de Belas Artes (EBA) do Rio. Um dos destaques foram as fantasias pintadas à mão por alunos da EBA. 

 Revellers of the Sao Clemente perform on the first night of Rio's Carnival at the Sambadrome in Rio de Janeiro, Brazil, on February 11, 2018. / AFP PHOTO / Mauro PIMENTELEditoria: ACELocal: Rio de JaneiroIndexador: MAURO PIMENTELSecao: culture (general)Fonte: AFPFotógrafo: STF
Escola celebrou duzentos anos da Escola de Belas ArtesFoto: Mauro PIMENTEL / AFP

Vila Isabel 

A escola levou brilhos e luzes à Sapucaí com o enredo "Corra, que o futuro vem aí", que contou a história das grandes invenções da humanidade. Sabrina Sato, vestida de "luz da inspiração", e Martinho da Vila foram destaques dos desfiles. 

 Revellers of the Vila Isabel samba school perform on the first night of Rios Carnival at the Sambadrome in Rio de Janeiro, Brazil, on February 11, 2018. / AFP PHOTO / Carl DE SOUZAEditoria: ACELocal: Rio de JaneiroIndexador: CARL DE SOUZASecao: culture (general)Fonte: AFPFotógrafo: STF
As grandes invenções do homem foram destaque no desfile da agremiaçãoFoto: Mauro PIMENTEL / AFP

Paraíso do Tuiuti 

Em tom de crítica, a escola levou para a Sapucaí críticas à reforma trabalhista. O destaque foi o último carro, que trouxe um "presidente vampiro" à Marquês de Sapucaí. 

 Revellers of the Paraiso do Tuiuti samba school perform during the first night of Rio's Carnival at the Sambadrome in Rio de Janeiro, Brazil, on February 12, 2018. / AFP PHOTO / Mauro PIMENTELEditoria: ACELocal: Rio de JaneiroIndexador: MAURO PIMENTELSecao: culture (general)Fonte: AFPFotógrafo: STF
Escola criticou a reforma trabalhistaFoto: Mauro PIMENTEL / AFP

Grande Rio 

Alô, alô Terezinha! Com um enredo sobre Chacrinha, a escola levou famoss para a avenida. Nomes como Rita Cadillac, Wanderléa e Gretchen marcaram o desfile. De volta à frente da bateria, Juliana Paes brilho na Sapucaí. Apesar do sucesso, a escola sofreu com um carro que quebrou antes de ingressar na avenida. 

 Revellers of the Grande Rio samba school perform during the first night of Rio's Carnival at the Sambadrome in Rio de Janeiro, Brazil, on February 12, 2018. / AFP PHOTO / Mauro PIMENTELEditoria: ACELocal: Rio de JaneiroIndexador: MAURO PIMENTELSecao: culture (general)Fonte: AFPFotógrafo: STF
Homenagem a Chacrinha foi o enredo da Grande RioFoto: Mauro PIMENTEL / AFP

Mangueira 

Penúltima a pisar na avenida, a Mangueira criticou o corte de verba da prefeitura do Rio às escolas de samba. O enredo "Com dinheiro ou sem dinheiro eu brinco" levou ao sambódromo uma reprodução dos blocos de rua e até um carro com uma representação do prefeito, Marcelo Crivella. 

 A reveller of the Mangueira samba school performs during the first night of Rios Carnival at the Sambadrome in Rio de Janeiro, Brazil, on February 12, 2018. / AFP PHOTO / Mauro PIMENTELEditoria: ACELocal: Rio de JaneiroIndexador: MAURO PIMENTELSecao: culture (general)Fonte: AFPFotógrafo: STF
Crítica ao prefeito do Rio, Marcelo Crivella, marcou desfile da MangueiraFoto: Mauro PIMENTEL / AFP

Mocidade Independente de Padre Miguel

Uma viagem pela Índia foi a proposta da última escola a pisar na avenida, já na manhã desta segunda-feira (12). Jacarés, elefantes e até Gandhi foram representados na Sapucaí.

 A reveller of the Mocidade samba school performs as the sun rises after the first night of Rio's Carnival at the Sambadrome in Rio, Brazil, on February 12, 2018. / AFP PHOTO / Mauro PIMENTELEditoria: ACELocal: Sao PauloIndexador: NELSON ALMEIDASecao: culture (general)Fonte: AFPFotógrafo: STF
País asiático recebeu homenagem da Mocidade, atual campeãFoto: Mauro PIMENTEL / AFP

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros