Manoel Soares fala sobre a importância do Carnaval - Notícias

Versão mobile

 

Papo Reto03/02/2018 | 08h00Atualizada em 03/02/2018 | 08h00

Manoel Soares fala sobre a importância do Carnaval

" Nossa briga não é pelo samba, mas pelo que o samba faz", afirma o colunista

Manoel Soares fala sobre a importância do Carnaval Lauro Alves/Agencia RBS
Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Quem já entrou em uma bateria de escola de samba durante um ensaio saberá sobre o que é este texto. Pessoas de todas as cores, tamanhos e sexos no mesmo ritmo. Os magros com instrumentos gigantes, caras gigantes com instrumentos pequenos, pessoas importantes da comunidade segurando um chocalho, pessoas simples com apito na boca e comandando a massa, pessoas com deficiência se superando em nome do ritmo e andamento do todo. 

Saindo da bateria, observando o restante da escola, vemos crianças decorando letras de músicas que trazem história, crítica social e perspectiva de mundo. Invisíveis, viram destaques. Naqueles minutos, sentem como é ser o centro das atenções. Senhoras idosas com doenças crônicas parecem se curar naqueles dias para viver a emoção da escola delas na Avenida. Assim como yoga e outras terapias curativas que alinham corpo e alma, a Avenida é o posto de saúde do espírito. 

Leia outras colunas de Manoel Soares

Escola de samba é o local onde o indivíduo jamais é maior que o todo, uma ópera popular onde cada um tem seu papel. Entram e saem de cena, dando espaço para o brilho do outro com solidariedade e serenidade. Esta disciplina acompanha o indivíduo para a vida. Forma cidadãos. 

Porém, esta disciplina se perde se decidimos abrir mão de esforços para botar as escolas na Avenida: perdemos educação, segurança e até mesmo saúde. Nossa briga não é pelo samba, mas pelo que o samba faz.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros