Perdeu o prazo para o cadastramento biométrico junto ao TRE? Saiba como regularizar seu título de eleitor - Notícias

Versão mobile

 

Justiça eleitoral15/03/2018 | 10h28Atualizada em 12/04/2018 | 16h16

Perdeu o prazo para o cadastramento biométrico junto ao TRE? Saiba como regularizar seu título de eleitor

Processo foi finalizado em 15 municípios entre janeiro e 14 de março deste ano, e quem não realizou o procedimento tem até maio para regularizar a situação, mediante pagamento de multa

Na terça-feira (14), terminou o prazo para que eleitores de nove municípios gaúchos realizassem o cadastramento biométrico junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE): Caçapava do Sul, Garibaldi, Nova Prata, São Jerônimo, São José do Hortêncio, Taquari, Três de Maio, Venâncio Aires e Vera Cruz. Estas foram as últimas cidades a realizarem o processo em 2018. Outras seis tiveram o cadastramento concluído entre 31 de janeiro e 7 de março e, em dezembro de 2017, o processo havia sido encerrado em 411 municípios do Estado. Em Porto Alegre, o cadastramento ainda não foi realizado e não há prazo determinado para que isso ocorra. 

De acordo com o TRE, quem não fez o cadastramento até o prazo definido para o seu município tem o título de eleitor cancelado. Entretanto, é possível fazer a regularização até  9 de maio para poder votar nas eleições de 2018. Para isso, basta comparecer a um cartório eleitoral com documento de identidade e comprovante de residência e pagar a multa de R$ 3,51 (o valor é calculado por turno não votado, ou seja, se o eleitor deixou de votar alguma vez e teve o título cancelado, por exemplo, pagará uma multa maior). O cálculo é feito na hora da regularização, a guia da multa é emitida no cartório e deve ser paga em uma agência bancária. 

O processo vem sendo realizado desde 2015 e parte das cidades irá finalizar o cadastramento entre 2019 e 2022. Sempre que um eleitor do Estado procura a Justiça Eleitoral para fazer alistamento, revisar dados ou atualizar o endereço, por exemplo, tem os dados biométricos coletados. Além disso, em alguns municípios, é utilizado o mecanismo de revisão do eleitorado. Nestes casos, é definido um período no qual o eleitor dessas cidades deve comparecer para realizar o cadastramento.


Não fiz o cadastramento biométrico e tive meu título cancelado, o que devo fazer?

1) Compareça a um cartório eleitoral até 9 de maio, com documento de identidade e comprovante de residência.

2) Para regularizar o título, é preciso pagar uma multa de R$ 3,51, esse valor é calculado por turno não votado, ou seja, se o eleitor deixou de votar alguma vez e teve o título cancelado, por exemplo, pagará uma multa maior. No entanto, se nunca deixou de votar, mas teve o título cancelado, pagará somente este valor. O cálculo é feiro na hora da regularização. 

3) A guia da multa é emitida no cartório eleitoral e deve ser paga em uma agência bancária. 

Confira aqui se o prazo para o cadastramento biométrico já terminou na sua cidade ou se ela está na lista de municípios que ainda não têm data para que o processo ocorra. 


Veja a porcentagem de eleitores que realizou o cadastramento biométrico  nos 15 municípios que concluíram o processo este ano: 

Agudo - 85,70%

Caçapava do Sul - 73,97%

Carlos Barbosa - 82,82%

Constantina - 92,91%

Eldorado do Sul - 69,93%

Garibaldi - 82,44%

Ivoti - 81,08%

Nova Prata - 84,57%

São Jerônimo - 70,38%

São José do Hortêncio - 87,39%

Taquari - 81,79%

Teutônia - 90,20%

Três de maio - 78,44%

Venâncio Aires - 89,12%

Vera Cruz - 77,61%

 Economize em suas compras com cupons de desconto 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros