Como evitar o golpe do bilhete premiado - Notícias

Versão mobile

 

Estelionato20/04/2018 | 19h05Atualizada em 20/04/2018 | 19h05

Como evitar o golpe do bilhete premiado

Em 2017, sete ocorrências foram registradas somente na 1ª DP de Cachoeirinha. Neste ano, já houve um caso

O caso de uma idosa que perdeu R$ 157 mil é o terceiro de pessoas que caem em golpes do bilhete premiado ou do pacote de dinheiro perdido registrado na 1ª Delegacia de Polícia de Cachoeirinha neste ano. Segundo o delegado Leonel Baldasso, os estelionatários estão se aprimorando nesse tipo de golpe.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho 

– Em dois casos anteriores ao dessa senhora, o indivíduo deixou cair de propósito um pacote contendo notas falsas e somente uma de R$ 50 em cima. Quando a vítima encontra, o bandido fica "muito contente" e afirma que a empresa dona do pacote lhe dará uma gorjeta, mas que para isso é preciso deixar a bolsa com todos os pertences – detalha.

Em relação ao golpe do bilhete premiado, somente no ano passado, sete pessoas, conforme o delegado, registraram ocorrências desse crime.

— Acredito que mais pessoas tenham passado por isso, mas acabam não registrando a ocorrência por vergonha de terem caído no golpe — afirma.

Não seja a próxima vítima

— Evite conversar com estranhos na rua e na frente de caixas eletrônicos.
— Mantenha bem guardados quantias em dinheiro e cartões de débito e crédito, bem como outros pertences pessoais.
— Preste atenção, pois, em geral, mais de uma pessoa participa desse golpe, como alguém supostamente acima de qualquer suspeita.
— Jamais forneça seus dados bancários, cartões e senhas para qualquer pessoa desconhecida.
— Fique atento aos telefonemas de pessoas estranhas, principalmente de outros Estados. Em geral, ocorre uma primeira conversa para ter informações da vítima para em seguida aplicar o golpe.
— Se alguém realmente possuir um bilhete premiado, não irá dividir o prêmio com outra pessoa, ainda mais um desconhecido, por nenhum motivo. O ganhador também não irá vender esse prêmio em troca de dinheiro vivo, pois em algum momento o premiado obterá a quantia.
— Caso seja mais uma vítima desse crime, não deixe de registrar ocorrência na Polícia Civil.

Fonte: Polícia Civil

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros