Da marcenaria à informática: veja os cursos gratuitos oferecidos pelos Bancos Sociais da Fiergs  - Notícias

Versão mobile

 

Qualificação24/04/2018 | 07h00Atualizada em 24/04/2018 | 07h00

Da marcenaria à informática: veja os cursos gratuitos oferecidos pelos Bancos Sociais da Fiergs 

Das 500 vagas para 2018, cerca de 400 estão disponíveis nas próximas turmas previstas pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul

Da marcenaria à informática: veja os cursos gratuitos oferecidos pelos Bancos Sociais da Fiergs  André Ávila/Agencia RBS
Marcenaria e técnicas e montagem de móveis estão entre os cursos ofercidos Foto: André Ávila / Agencia RBS

Cíntia Rocha dos Santos, 40 anos, teve uma chance de ouro: se qualificar gratuitamente em um ofício que habitava os planos dela há anos. Após alguns meses de espera, foi chamada pela Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) para iniciar um programa de aprendizado na área de vestuário. Nesta terça-feira  (24), encerra o ciclo que percorreu três áreas no universo do corte e da costura: Transformação de Retalhos Têxteis em Peças de Decoração, Costura e Acabamento em Peças Confeccionadas com Retalhos Têxteis e Reaproveitamento de Peças de Roupas.

— Hoje, trabalho como pedicure e manicure, mas, com esta formação, poderei passar a atuar em outra atividade profissional — comemora. 

Nas aulas, desenvolveu um tipo de produto no qual pretende trabalhar daqui por diante: bolsões que podem servir também de mochilas. Assim como Cíntia, cerca de 500 outras pessoas deverão aproveitar, sem gastar um real, os programas de qualificação oferecidos pela Fundação Bancos Sociais em 2018 — atualmente, há cerca de 400 vagas abertas para as próximas turmas. 

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 2018.04.20 - A Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS oferece cursos gratuitos para pessoas de instituições carentes, escolas públicas, e pessoas de baixa renda. Os cursos de iniciação e qualificação profissional são ministrados pelo SENAI-RS (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), sendo que os alunos recebem gratuitamente material didáti¬co, lanche e certificação do SENAI. Na foto: Cíntia Rocha dos Santos (Foto: ANDRÉ ÁVILA/ Agência RBS)
Nas aulas, Cíntia desenvolveu bolsões que podem servir de mochilasFoto: André Ávila / Agencia RBS

São oito cursos divididos em três grandes áreas (Computadores, Vestuário e Mobiliário). A maioria é de curta duração, com 40 a 80 horas/aula (o que dá de 15 a 20 dias de atividades), exceto o de costureiro industrial, que é mais longo. 

— Todo material que utilizamos é de doação de indústrias, são itens que seriam descartados. É uma forma de transformar o desperdício em transformação social — afirma Lucelene Navarro, responsável pela organização dos cursos. 

As atividades são realizadas na zona norte de Porto Alegre e têm como objetivo capacitar pessoas para que se tornem multiplicadores e possam aprender um novo ofício e gerar renda em sua comunidade. Todos são ministrados por professores ou seguem a metodologia do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS), sendo que os alunos recebem gratuitamente material didático, lanche e certificação. Em alguns cursos, como os do Banco de Vestuários, pode haver fila de espera. 

E nem é apenas para desenvolver uma profissão que as aulas podem ajudar. A dona de casa Lamize de Mattos Trische, 36 anos, procurou a fundação para aprender a trabalhar com marcenaria. Objetivo: refazer o quarto da filha de três anos. Na sexta-feira passada, aprendia a mexer com formão e afixar dobradiças. 

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 2018.04.20 - A Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS oferece cursos gratuitos para pessoas de instituições carentes, escolas públicas, e pessoas de baixa renda. Os cursos de iniciação e qualificação profissional são ministrados pelo SENAI-RS (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), sendo que os alunos recebem gratuitamente material didáti¬co, lanche e certificação do SENAI. Na foto: Lamize de Mattos Trische (Foto: ANDRÉ ÁVILA/ Agência RBS)
Lamize procurou a fundação para aprender a trabalhar com marcenariaFoto: André Ávila / Agencia RBS

— Quero fazer uma cama com escadinha e escorregador, e esse aprendizado vai ser fundamental — conta. 


AS TURMAS QUE INICIAM ATÉ O FINAL DO ANO

Os cursos são divididos em três grandes áreas

BANCO DE COMPUTADORES

Básico de Manutenção de Equipamentos de Informática: 80 horas/aula 

25 de junho

27 de agosto

8 de novembro

Básico de Informática (Word/Excel/PPT): 80 horas/aula 

24 de maio

25 de julho

2 de outubro


BANCO DE VESTUÁRIOS

Costureiro Industrial: 456 horas/aula

19 de julho

Transformação de Retalhos Têxteis em Peças de Decoração: 60 horas/aula 

30 de abril

27 de junho

22 de agosto

22 de outubro

Costura e Acabamento em Peças Confeccionadas com Retalhos Têxteis: 40 horas/aula

23 de maio

19 de julho

14 de setembro

14 de novembro

Reaproveitamento de peças de roupas / Customização: 40 horas/aula

11 de junho

6 de agosto

3 de outubro

29 de novembro

BANCO de MOBILIÁRIOS

Básico em Marcenaria: 80 horas/aula

28 de maio

16 de julho 

3 de setembro

25 de outubro

Técnicas de Montagem de Móveis - 40 horas/aula

10 de maio

28 de junho

16 de agosto

8 de outubro

28 de novembro


COMO SE INSCREVER

- É necessário ter, no mínimo, 16 anos completos, documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência. As exigências são diferentes apenas para o curso de Costureiro Industrial: é necessário ter de 18 a 59 anos completos, carteira de identidade com foto, CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho, título de eleitor e histórico escolar ou atestado de escolaridade.

- Mais informações podem ser obtidas por meio da coordenação de cursos, por e-mail cursos@bancossociais.org.br ou pelo telefone: (51) 3026-8020/3026-8021. 

- O cronograma dos cursos pode ser conferido neste site


AS AULAS

- As aulas são realizadas nas instalações dos Bancos Sociais, localizada na Avenida Francisco Silveira Bitencourt, 1.928, bairro Sarandi, Porto Alegre.

- Ocorrem de segunda a sexta-feira, das 13h15min às 17h15min, com intervalo para lanche. 



 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros