Mãos amigas que ajudam na hora de procurar emprego - Notícias

Versão mobile

 

SOLIDARIEDADE30/04/2018 | 07h00Atualizada em 30/04/2018 | 07h00

Mãos amigas que ajudam na hora de procurar emprego

Projeto Você é 10 auxilia na mudança do visual de quem está à procura de um emprego.

Mãos amigas que ajudam na hora de procurar emprego /
Barbara Aparecida da Silva ganhou roupas novas para uma entrevista de emprego.

Com um encaminhamento do Sine nas mãos, a comerciária desempregada Bárbara Aparecida da Silva, 23 anos, caminhava pelo Centro de Viamão na semana passada quando viu a sandália que usava arrebentar no meio da rua. Sem saber o que fazer, entrou num comércio e pediu ajuda para consertar o calçado – o único que ela tinha – até chegar em casa. Era o mesmo que seria usado para ir até a entrevista de emprego. 

Na loja, ouviu de uma jovem a seguinte sugestão: "já que está procurando emprego, você gostaria de ganhar uma roupa nova, um novo cabelo e unhas das mãos e dos pés feitas?". Mesmo sem acreditar no convite, Bárbara o aceitou. Naquele momento, ela passava a fazer parte do projeto Você é 10. 

Criada no mês passado, a iniciativa de ajudar desempregados envolve os proprietários de uma estética e de um brechó/pet, localizados na área central de Viamão. Por semana, o grupo pretende mudar o visual de duas pessoas que tenham o encaminhamento para entrevista de emprego. Mas, até agora, apenas quatro _ três mulheres e um homem _ foram ajudadas.

– Divulgamos o projeto no Sine da cidade e para entidades que atendem famílias em vulnerabilidade social. O problema é que pessoas têm vergonha de nos procurar. Só estamos querendo ajudar – explica a psicóloga Suzana Braun, 60 anos, idealizadora e coordenadora do projeto. 

Sonho realizado

Bárbara ganhou o tratamento especial no sábado passado. Depois de passar a manhã no salão Planeta Hair, onde ganhou uma escova progressiva e novas unhas das mãos e dos pés, a jovem foi ao brechó para escolher uma roupa para o dia da seleção, na próxima quarta-feira. Bárbara concorre a uma vaga de abastecedora num supermercado da Zona Leste de Porto Alegre. 

– Eu fiquei tão feliz com o convite que, na hora, não acreditei. Não tenho muita roupa e esta veio na hora mais importante – conta Bárbara.

Morando com uma filha de cinco anos nos fundos da casa de um irmão, no bairro Tarumã, a jovem está sem emprego há nove meses, desde que deixou o cargo de abastecedora num supermercado, onde trabalhou por três anos. Desde então, procura por faxinas na própria cidade e vai pelo menos uma vez por semana ao Sine. Para economizar no transporte, costuma caminhar cerca de 90 minutos - ida e volta - até a agência. Na última vez, a sandália não aguentou. 

– Foi quase como um sonho. No momento que mais precisei, surgiu o projeto. Vai me ajudar muito a chegar mais confiante na hora da entrevista – garante Bárbara, que completa:

– Para o cabelo aguentar até quarta, vou dar uma ajeitada nele no dia – completa. 

Suzana Braun (esquerda) é idealizadora da ONG que ajuda desempregados. Foto:

Meta é prestar acompanhamento

Como ainda está o início, o Você é 10 não acompanhou os primeiros atendidos depois da mudança no visual. A partir de Bárbara, a meta é manter um cadastro para saber se o contemplado conseguir voltar ao mercado de trabalho. Outro objetivo do projeto é ampliar os atendimentos. Para isso, porém, busca novos parceiros que tenham interesse em contribuir com roupa, estética e bijuterias, por exemplo. 

– Queremos fazer com que estas pessoas se sintam bem. Muitas estão com a autoestima baixa e, por isso, queremos vê-las sorrindo ao receberem o presente. Isso ajuda – acredita Suzana.

Como fazer parte do projeto

– Se você é comerciante é quer contribuir com o projeto Você é 10, contate o whatsapp (51) 99306-3426, com Suzana Braun.

– Para ser um dos atendidos pelo projeto, é preciso ter encaminhamento do Sine de Viamão para entrevista de emprego. 



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros