Presos funcionários de hospitais que desviaram R$ 300 mil aplicando golpes em pacientes - Notícias

Versão mobile

 

Porto Alegre03/04/2018 | 20h21Atualizada em 03/04/2018 | 20h21

Presos funcionários de hospitais que desviaram R$ 300 mil aplicando golpes em pacientes

Suspeitos se passavam por funcionários do Banrisul e engavam idosos

 A 19ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre prendeu preventivamente, nesta terça-feira (3), dois funcionários de hospitais diferentes suspeitos de usar dados de pacientes idosos para aplicar golpes. 

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho  

Os suspeitos, com dados e endereço em mãos, iam até a casa das vítimas se passando por funcionários do Banrisul. Eles pediam cartão e senha da pessoa, alegando que o banco iria encaminhar um novo cartão em até 24 horas. Depois, retiravam o dinheiro da conta e faziam empréstimos. 

Segundo o delegado Juliano Ferreira, os cinco golpes que foram descobertos pela polícia geraram prejuízo de R$ 300 mil. No entanto, ele estima que existam mais vítimas e que o prejuízo possa chegar a R$ 1 milhão. A investigação durou seis meses. 

Possíveis vítimas devem procurar a 19ª Delegacia de Polícia, na Travessa Vinte e Cinco de Julho, 1.589, bairro São José, para registrar ocorrência. 

Os nomes dos presos e dos hospitais não foram divulgados, pois o caso está em segredo de Justiça. 


 
 
 
 
 
 

Mais sobre

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros