Escola da Vila Mapa, na periferia de Porto Alegre, representará o Brasil em competição de robótica no Canadá - Notícias

Versão mobile

 

Zona Leste10/05/2018 | 17h31Atualizada em 10/05/2018 | 17h31

Escola da Vila Mapa, na periferia de Porto Alegre, representará o Brasil em competição de robótica no Canadá

Com a realização de vaquinha virtual e doações, instituição atinge valor necessário para poder participar de competição mundial de robôs em junho

Escola da Vila Mapa, na periferia de Porto Alegre, representará o Brasil em competição de robótica no Canadá André Ávila/Agencia RBS
A equipe representará o Brasil na modalidade OnStage Foto: André Ávila / Agencia RBS

Um colégio da Vila Mapa, na zona leste de Porto Alegre, representará o Brasil no Robocup 2018, uma competição de robótica que ocorrerá no Canadá no mês que vem. Na quarta-feira (9), a professora Cristiane Pelisolli Cabral recebeu a confirmação de que os R$ 60 mil necessários para a equipe da Escola Municipal de Ensino Fundamental Heitor Villa Lobos viajar haviam sido alcançados. A notícia chegou por meio de uma ligação do titular da Educação, Adriano Naves de Brito. 

Até então, R$ 20 mil haviam sido disponibilizados pela Secretaria Municipal de Educação (Smed) para o custeio do deslocamento e da hospedagem dos cinco estudantes e da professora. Na intenção de conseguir o valor necessário para levar toda a equipe à competição, a coordenação do grupo lançou um projeto de financiamento coletivo em abril. A vaquinha virtual, segundo Cristiane, já arrecadou cerca de R$ 18 mil. Com o complemento de mais R$ 10 mil da Smed e a doação de outros R$ 10 mil do Instituto Jama, informados pelo secretário na ligação e em comunicado no site da prefeitura, o total necessário foi atingido.

Leia mais:
Vila Mapa: escola batalha para ser o Brasil no Canadá 

Segundo a coordenadora dos Lobóticos — como o grupo é identificado —, a organização já havia providenciado a confecção dos passaportes e do seguro de saúde dos integrantes da equipe, embora não houvesse garantia de participação na competição. A partir de agora, será possível dar continuidade ao planejamento, que inclui a retirada dos documentos, compra de passagens e produção dos vistos americanos e canadenses.

A competição será realizada entre os dias 16 e 22 de junho, em Montreal. De acordo com a professora, a equipe, que representará o Brasil na modalidade OnStage — em que, em um palco, dois alunos têm de dançar com robôs —, deve partir para o Exterior um dia antes do início das disputas. O retorno à Capital está previsto para o dia 23.

É a terceira vez que a escola, encravada numa área carente de Porto Alegre, conquista o direito de representar o país no mundial. Em 2012, a equipe esteve no México, e em 2013, na Holanda, quando ficou entre os 10 melhores países. Nas duas oportunidades, a prefeitura de Porto Alegre custeou as despesas das viagens.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros