Magali Moraes fala sobre as pessoas organizadas - Notícias

Versão mobile

 

Coluna da Maga28/05/2018 | 10h00Atualizada em 28/05/2018 | 10h00

Magali Moraes fala sobre as pessoas organizadas

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes fala sobre as pessoas organizadas Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Nós somos parte de um time que gosta de tudo no seu devido lugar. Eu disse TUDO. Em casa, roupa suja é dentro da máquina de lavar. Obviamente com as meias desviradas. Aliás, nos viramos pra não deixar nada virado do avesso. Gostamos das camas feitas, com as colchas cobrindo lençóis e cobertores perfeitamente esticados. A pia também é nosso foco de atenção, resolvendo de imediato qualquer louça que precisa de água. Vidros e espelhos com marcas de dedo nos tiram do sério.

Pra nós, chão limpo não é só por onde o Papa passa (no caso remoto de a santidade marcar uma visita). Cantinhos nos interessam. Paninhos, idem. Testamos novos produtos de limpeza e lemos os rótulos com cuidado. Temos fragrâncias preferidas, e elas geralmente envolvem flores (alguém aí ama o Ajax Festa das Flores?). Queremos ter a casa que é um brinco, desde que os brincos estejam guardados. Prateleiras e gavetas em ordem são uma necessidade, não um sonho distante.

Leia outras colunas da Maga  

Chatos

O único problema é que nós, os organizados, nem sempre somos compreendidos. Bancamos os chatos. Cobramos organização de quem vive com a gente. Temos olhos que não sabem disfarçar ao ver bagunça. Franzimos a testa. Julgamos. Repetimos as mesmas frases: tira os pés daí, arruma a cama, ajeita as almofadas, guarda as coisas do café (os exemplos são infinitos). Endireitamos a gola da camisa do colega. Tiramos fios de cabelo na roupa dos outros. Mas isso o pessoal até gosta.

Nosso maior desejo? Que essa organização que nasceu com a gente contagie a humanidade. Que ganhe aplausos e o Oscar. Que vire tema do Globo Repórter. Que seja admirada e copiada! Mas não. Bagunceiros seguem as suas vidas de qualquer jeito. Sem listas, sem manias. Com preguiça só de pensar em pendurar uma calça no cabide. Sem descobrir a alegria que é organizar a geladeira. Arrumar bem uma mala. Chegar em casa e encontrar a sala toda perfeitinha. Organizados, não desistam!! Um dia, venceremos! 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros