Polícia Civil anuncia maior apreensão de LSD do RS  - Notícias

Versão mobile

 

Tráfico de Drogas04/05/2018 | 11h04Atualizada em 04/05/2018 | 11h04

Polícia Civil anuncia maior apreensão de LSD do RS 

Segundo o Denarc, foram apreendidos 6,6 mil pontos da droga sintética em Alvorada 

Polícia Civil anuncia maior apreensão de LSD do RS  Polícia Civil / Divulgação /
LSD apreendido em Alvorada estava em um depósito clandestino e faz parte da Operação Chuva Ácida Foto: Polícia Civil / Divulgação

 A Polícia Civil realizou uma operação entre quinta-feira (3) e sexta-feira (4) e apreendeu a maior quantidade de LSD da história do Rio Grande do Sul. Ao todo, 6.685 pontos da droga sintética foram localizados em um depósito na cidade de Alvorada. O entorpecente, avaliado em R$ 300 mil, seria distribuído ainda hoje para várias regiões do Estado. 

Leia mais
Mulher que aguardava ônibus é baleada durante perseguição da BM a criminosos em Sapucaia do Sul
Idoso é morto a tiros de espingarda em Criúva, no interior de Caxias
Mãe da menina Naiara é esfaqueada em Vacaria

A 1ª Delegacia do Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc) iniciou ainda na quinta a segunda etapa da operação Chuva Ácida em três residências, duas em Alvorada e uma na zona norte de Porto Alegre. Além de uma prisão na Capital, uma das casas em Alvorada era utilizada como um depósito de drogas sintéticas.

No local, estava escondido o LSD que seria manipulado ainda nesta manhã para ser transformado em cerca de 26 mil pontos, para depois ser distribuído para toda a Região Metropolitana, Serra, Litoral e região de Santa Maria. Cada dose seria revendida por pelo menos R$ 50, principalmente em festas de música eletrônica durante o fim de semana. Também foram apreendidos nesta residência em torno de 1kg de cocaína e diversas porções de maconha. 

O diretor de Investigações do Denarc, delegado Mario Souza, afirmou que se trata da maior apreensão da história. Até então, a maior quantidade de LSD localizada no Rio Grande do Sul era de 4,7 mil pontos, localizados em ação em julho do ano passado em Porto Alegre.

Polícia Civil anuncia maior apreensão de LSD do RS
Segundo o Denarc, este tipo de droga sintética é de difícil apreensão e tem sido transportada ultimamente em aviões Foto: Polícia Civil

— Diferentemente das drogas convencionais, as drogas sintéticas têm esquemas mais complexos de distribuição e transporte, visto que têe reduzido o volume apreendido e as mesmas não são detectadas por meio das técnicas usuais de monitoramento — afirma Souza. 

Segundo o delegado Souza, as drogas sintéticas acabam sendo transportadas por rotas aéreas e por isso cada vez mais deve-se investir em trabalhos de investigação como a operação Chuva Ácida. Este tipo de tráfico está sendo monitorado com maior frequência há pelo menos dois anos no Sul do Brasil. 

Leia outras notícias do Diário Gaúcho


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros