Cursos gratuitos são oferecidos para jovens da periferia  - Notícias

Versão mobile

 

Educação30/06/2018 | 08h00Atualizada em 30/06/2018 | 08h00

Cursos gratuitos são oferecidos para jovens da periferia 

Programa de Oportunidades e Direito (POD), financiado pelo BID e administrado pelo Estado, prepara para o mercado de trabalho moradores de Porto Alegre, Alvorada e Viamão

Cursos gratuitos são oferecidos para jovens da periferia  Mateus Bruxel/Agencia RBS
Lara cursou costura e customização no programa e hoje está na faculdade de Moda Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

A fila que costuma se formar semanalmente na porta de entrada do ônibus estacionado em frente ao Centro de Juventude no bairro Maria Regina, em Alvorada, não é para embarque. São clientes dos futuros cabeleireiros e barbeiros que fazem parte de um dos cursos oferecidos gratuitamente a jovens pelo Programa de Oportunidades e Direito (POD), uma parceria entre o governo do Estado, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e as organizações da sociedade civil.

Criado há um ano, o programa atua na prevenção — com educação, empreendedorismo juvenil e empregabilidade —, qualificação do sistema socioeducativo — tentando reduzir índices de reincidência —, efetividade policial e segurança cidadã — investindo em segurança nos territórios atendidos.

ALVORADA, RS, BRASIL, 20-06-2018: Deverson Luis de Oliveira, 23 anos, aluno do curso de corte de cabelo e barba no Centro de Juventude de Alvorada. Programa de Oportunidades e Direitos (POD), financiado pelo BID e administrado pelo Estado, oferece cursos gratuitos para preparação ao mercado de trabalho a jovens moradores das periferias de Porto Alegre, Alvorada e Viamão. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Salão de beleza dentro de ônibus, em AlvoradaFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Cultura da paz 

Hoje, existe em quatro bairros de Porto Alegre, em Alvorada e em Viamão. Na prevenção à violência, atende jovens com idades entre 15 e 24 anos e oferece mais de 20 cursos profissionalizantes e 50 oficinas de esportes, arte e cultura nos seis centros de juventude criados pelo Programa. 

A meta é atender, anualmente, pelo menos 3,6 mil jovens, sendo 600 em cada um dos centros. Segundo o coordenador do projeto pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Aldo Silveira Peres, o objetivo do programa é promover a cultura da paz a partir do aumento da escolaridade, da geração de emprego e renda, do fomento ao empreendedorismo e da promoção do protagonismo juvenil. 

Famílias

O programa também mantém um contato com a família do aluno para conhecer o contexto social no qual ele está inserido. 

— A meta é que o jovem passe por três etapas dentro do projeto. Na primeira, ele cria o vínculo socioeducativo com o projeto, participando de atividades nas áreas de esporte, cultura e lazer. Na segunda etapa, passa pelos cursos de formação. Na terceira, o aluno se torna um jovem multiplicador, se transformando em referência para os demais do seu território — explica Aldo. 

ALVORADA, RS, BRASIL, 20-06-2018: O instrutor Leonardo Rossmann de Leonel orienta alunos durante o curso de tatuador no Centro de Juventude de Alvorada. Programa de Oportunidades e Direitos (POD), financiado pelo BID e administrado pelo Estado, oferece cursos gratuitos para preparação ao mercado de trabalho a jovens moradores das periferias de Porto Alegre, Alvorada e Viamão. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Cursos são oferecidos a jovens da periferiaFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

"Voltei a ter esperança"

Apaixonada pelas agulhas e linhas desde a infância, a universitária Lara Trindade Rodrigues, 17 anos, confirmou o caminho profissional que queria seguir logo depois de se inscrever na primeira turma do curso de costura e customização do CJ Rubem Berta, em Porto Alegre, em agosto passado. Nas aulas, Lara aperfeiçoou os conhecimentos sobre o mundo da costura e tomou aquela que considera a maior decisão de sua jovem vida: tentaria a faculdade de Moda, mesmo sabendo das próprias dificuldades financeiras. 

O apoio da avó, a costureira Maria Regina Goulart, 63 anos, com quem mora, foi fundamental. Mas foi depois de ver o nome entre os aprovados na UniRitter que ela surpreendeu-se com o apoio vindo dos professores e colegas de CJ.

— Sou muito grata, porque eles me ajudaram a pagar a matrícula do curso. Para pagar as mensalidades, comecei a costurar e customizar sob encomenda — conta.

Dividindo sonhos

Quando cheguei ao POD, eu não tinha esperança alguma porque é complicado quando se vive dentro de uma comunidade. Desde então, mudei muito. Voltei a ter esperança.

LARA TRINDADE RODRIGUES

Estudante de Moda

Acostumada a fazer as próprias roupas — garante que 50% do  guarda-roupa foi confeccionado por ela —, Lara conquistou clientes somente divulgando o trabalho entre os amigos nas redes sociais. Pelo menos 30 peças já foram vendidas nos primeiros quatro meses. As blusas cropped (que deixam um pedaço da barriga de fora) são as mais pedidas. 

— Se não fosse o curso do CJ, eu não saberia negociar ou vender o meu trabalho. Mais do que aprender a costurar, ganhei noções na parte administrativa do negócio. E isso é fundamental — diz.

Mesmo formada no curso do POD, Lara segue participando das atividades pelo menos três vezes por semana no CJ Rubem Berta. Gosta das amizades, de dividir os sonhos com outros jovens que enfrentam realidades parecidas com a dela e já pensa em se tornar professora dos próximos alunos do Programa. Mais à frente, sonha em ter a própria loja de confecção.

ALVORADA, RS, BRASIL, 20-06-2018: Deverson Luis de Oliveira, 23 anos, aluno do curso de corte de cabelo e barba no Centro de Juventude de Alvorada. Programa de Oportunidades e Direitos (POD), financiado pelo BID e administrado pelo Estado, oferece cursos gratuitos para preparação ao mercado de trabalho a jovens moradores das periferias de Porto Alegre, Alvorada e Viamão. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Deverson voltará a estudarFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

"Me considero outra pessoa"

Em Alvorada, apenas os moradores dos bairros Cedro, Umbu, 11 de Abril, Salomé, Maria Regina e Sítio dos Açudes estão aptos a se inscreverem no POD por viverem nas áreas consideradas de maior vulnerabilidade social na cidade. Deverson Luis de Oliveira, 23 anos, é um deles. Morador do bairro Maria Regina, descobriu o programa por intermédio de um amigo. Ex-proprietário de uma microempresa do setor da construção civil, Deverson estava sem perspectivas de trabalho quando se inscreveu no POD, no ano passado. 

Minha empresa deu errado porque eu achava que era só abrir e sair trabalhando. Não tinha conhecimento sobre gerenciamento de um negócio. Cheguei ao POD desmotivado. Hoje, me considero outra pessoa.

DEVERSON LUIS DE OLIVEIRA

Estudante do curso de cabeleireiro e barbeiro

No programa, fez cursos de administração, vendas e de caixa de supermercado. Cada um com 120 horas de duração. Motivado, deu um passo ainda maior: matriculou-se no curso de cabeleireiro e barbeiro, mesmo sem jamais ter pego numa tesoura. Foi reprovado na primeira tentativa. 

Agora, ainda mais determinado, está prestes a finalizar o curso, matriculou-se para concluir o Ensino Fundamental no EJA e planeja abrir a própria barbearia.

ALVORADA, RS, BRASIL, 20-06-2018: O aluno Deivid Edson Braga dos Santos, 20 anos, durante curso de tatuagem no Centro de Juventude de Alvorada. Programa de Oportunidades e Direitos (POD), financiado pelo BID e administrado pelo Estado, oferece cursos gratuitos para preparação ao mercado de trabalho a jovens moradores das periferias de Porto Alegre, Alvorada e Viamão. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Deivid quer ser tatuadorFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Firme no traçado sobre a pele de porco, Deivid Edson Braga dos Santos, 20 anos, do bairro Umbu, em Alvorada, quase não fala enquanto usa a máquina tinteiro na prática de como fazer tatuagem. Aluno desde março, o jovem se inscreveu no curso para aperfeiçoar a técnica que aprendeu por acaso com um amigo tatuador. 

— Eu achava que já sabia muito, mas não sabia nada. No curso, melhorei os meus desenhos, ganhei concentração, aprendi sobre a utilidade do material usado para fazer as tattoos e ainda fiquei muito mais firme no traço — conta, animado. 

Tremi, mas aceitei o desafio. Senti “Tô grande!” e fui. Já tinha feito em outras pessoas, mas com traço bem diferente. Agora, só quero melhorar cada vez mais para me tornar um profissional da tatuagem.

DEIVID EDSON BRAGA DOS SANTOS

Estudante do curso de tatuador

Aluno do 1º ano do Ensino Médio, Deivid sonha em ter o próprio estúdio de tatuagem em Alvorada. O incentivo do instrutor Leonardo Rossmann ele já ganhou. Admirado com a destreza do aluno em desenhar letras, o tatuador profissional convidou Deivid para tatuar o braço direito dele. O jovem, apesar do nervosismo inicial, aceitou o convite: eternizou o sobrenome de Leonardo na pele do professor. 

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 20-06-2018: A estudante de moda Lara Trindade Rodrigues no Centro de Juventude Rubem Berta, na zona norte, com roupas que ela customiza para comercializar. Ela é ex-aluna do curso de costura oferecido no local. Programa de Oportunidades e Direitos (POD), financiado pelo BID e administrado pelo Estado, oferece cursos gratuitos para preparação ao mercado de trabalho a jovens moradores das periferias de Porto Alegre, Alvorada e Viamão. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Lara voltou a ter esperançaFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Saiba mais

* O POD é uma parceria entre o governo do Estado, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e organizações da sociedade civil.

* Atua em três frentes: prevenção (educação, empreendedorismo juvenil, empregabilidade), qualificação do sistema socioeducativo (redução dos índices de reincidência) e efetividade policial e segurança cidadã (investimento em segurança nos territórios atendidos).

* Tem como objetivos a prevenção da violência, o aumento da escolaridade e da empregabilidade, a redução da letalidade juvenil, a redução dos índices de reincidência por egressos do sistema socioeducativo e os investimentos em segurança cidadã.

* Investimento total de U$ 56 milhões (cerca de R$ 215 milhões). Destes, US$ 12,687 milhões (cerca de R$ 46 milhões) já foram investidos.

* Oferece mais de 20 cursos profissionalizantes e 50 oficinas de esportes, arte e cultura em seis Centros de Juventude (quatro em Porto Alegre, um em Viamão e um em Alvorada).

ALVORADA, RS, BRASIL, 20-06-2018: O aluno Deivid Edson Braga dos Santos, 20 anos, durante curso de tatuagem no Centro de Juventude de Alvorada. Programa de Oportunidades e Direitos (POD), financiado pelo BID e administrado pelo Estado, oferece cursos gratuitos para preparação ao mercado de trabalho a jovens moradores das periferias de Porto Alegre, Alvorada e Viamão. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
O curso de tatuador é um dos mais procuradosFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

* Os Centros da Juventude estão com inscrições abertas permanentemente. Se não tiver uma turma começando, o jovem é colocado em atividades que tenha interesse e que permitam ingresso em qualquer etapa. Fica na espera para ser incluído nas novas turmas de cursos profissionalizantes, que também têm início de forma periódica, a cada dois ou três meses, conforme a área escolhida.

* Para se inscrever, o jovem pode ir até um dos Centros ou acessar o site pod.rs.gov.br. As equipes do POD também fazem busca ativa nas escolas.

* Todas as unidades oferecem reforço escolar, EJA, atendimento psicossocial, atividades de Justiça restaurativa, orientação profissional e encaminhamento ao mercado de trabalho. Quando necessário, encaminhamento às redes de saúde e assistência social.

Confira os endereços dos centros de juventude

/// Cruzeiro
Rua Mariano de Matos, 107, Santa Tereza, Porto Alegre: cursos de barbearia e corte de cabelo, culinária, EJA, orientação profissional, oficinas de empreendedorismo, matemática aplicada, redação, português e música, jiu-jítsu, teatro, meditação, yoga, cidadania e esportes 

/// Lomba do Pinheiro
Estrada João de Oliveira Remião, 4.444, Parada 10, Porto Alegre: cursos de inglês, fotografia e audiovisual, embelezamento, panificação e culinária, informática, atendimento ao cliente, manutenção de computadores, auxiliar de cozinha, stencil, oficinas de música, dança, yoga, teatro, arteterapia, capoeira, vôlei, futsal, academia, ginástica laboral, atividades de empreendedorismo e inclusão digital.

ALVORADA, RS, BRASIL, 20-06-2018: O instrutor Eliezer dos Santos, o Lezzy, orienta jovens durante curso de corte de cabelo e barba no Centro de Juventude de Alvorada. Programa de Oportunidades e Direitos (POD), financiado pelo BID e administrado pelo Estado, oferece cursos gratuitos para preparação ao mercado de trabalho a jovens moradores das periferias de Porto Alegre, Alvorada e Viamão. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Moradores são os modelos para o curso de barbeiroFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

/// Restinga
Avenida Economista Nilo Wullf, 914, Porto Alegre: cursos de informática, assistente administrativo, empreendedorismo, culinária, oficinas de lazer e esportes, palestras com temáticas sociais, direitos humanos e fundamentais, questões de gênero, diversidade sexual, sustentabilidade ambiental e racismo. 

/// Rubem Berta
Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, 2.132, Porto Alegre: cursos de idiomas, português, matemática, customização de roupas, bijuterias, desenvolvimento do potencial pessoal, vôlei, futsal, informática, dança, capoeira, oficinas de elaboração de currículo e comportamento em entrevistas, gastronomia e orientação psicossocial. A unidade também oferece espaço para debates, Cinemateca e Biblioteca. 

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 20-06-2018: A estudante de moda Lara Trindade Rodrigues no Centro de Juventude Rubem Berta, na zona norte, com roupas que ela customiza para comercializar. Ela é ex-aluna do curso de costura oferecido no local. Programa de Oportunidades e Direitos (POD), financiado pelo BID e administrado pelo Estado, oferece cursos gratuitos para preparação ao mercado de trabalho a jovens moradores das periferias de Porto Alegre, Alvorada e Viamão. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Lara está feliz com a oportunidadeFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

/// Alvorada
Rua Fátima, 5, bairro Maria Regina: cursos de auxiliar administrativo, informática, audiovisual, corte e costura, embelezamento, elétrica predial, logística, oficinas de dança, futebol, grafite, literatura e produção textual, poesia e rima, produção musical, serigrafia, slam, hip hop, tamboreiro, tatuagem, artes marciais, capoeira e skate. 

/// Viamão
Avenida Senador Salgado Filho, 2.205: cursos de assistente administrativo, beleza e estética, informática, oficinas de esportes, música, habilidades digitais, reforço escolar, atendimento em comunicação não violenta e Justiça restaurativa.



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros