Hospital da Restinga: anúncio do novo gestor é adiado pela segunda vez - Notícias

Versão mobile

 

Saúde11/06/2018 | 12h39Atualizada em 12/06/2018 | 14h01

Hospital da Restinga: anúncio do novo gestor é adiado pela segunda vez

Prevista para esta segunda-feira (11), a divulgação do nome da entidade foi adiada para até o próximo dia 15

Hospital da Restinga: anúncio do novo gestor é adiado pela segunda vez Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Hospital atende pacientes de todos os bairros do Extremo-Sul da cidade Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Faltando menos de um mês para encerrar o contrato com o atual gestor do Hospital Restinga Extremo-Sul, na Capital, ainda está indefinido quem assumirá a gerência e a operação da instituição. Programado pela Secretaria Municipal de Saúde para ser publicado no Diário Oficial de Porto Alegre, em 7 de junho, o anúncio já foi prorrogado duas vezes. Agora, a promessa é anunciar até 15 de junho o nome da organização da sociedade civil. 

Em nota divulgada nesta segunda-feira, a Secretaria Municipal de Saúde informou que "devido à necessidade de diligência jurídica para apuração de fatos apontados em recurso apresentado, a Secretaria Municipal de Saúde torna pública a decisão de novamente prorrogar o prazo de divulgação do resultado da Chamada Pública 01/2018 — referente ao credenciamento de organizações da sociedade civil para execução das atividades de atenção à saúde a fim de realizar o gerenciamento e a operacionalização das ações e serviços de saúde no Hospital Restinga e Extremo-Sul — para até o dia 15 de junho de 2018, podendo o resultado ser divulgado antes, a depender dos resultados oriundos dessa diligência". 

Leia mais
Prefeitura recebe quatro propostas para gerenciamento do Hospital da Restinga
Mudanças em gestão do Hospital da Restinga não devem afetar usuários
Prefeitura de Porto Alegre inaugura primeira Clínica da Família na Restinga

A instituição selecionada assinará termo de colaboração com a Secretaria, com duração de 60 meses, já que o contrato com o Hospital Moinhos de Vento, atual administrador, termina em 30 de junho. Os critérios para o julgamento das propostas de trabalho foram avaliações técnica (70%) e financeira (30%), com análise de experiência, qualidade assistencial, proposta de fluxos assistenciais e de atendimento, valores financeiros e o plano de transição propostos para a ampliação dos serviços do hospital.

A Secretaria garante que a gestão será compartilhada com o Moinhos até que o processo de transição esteja concluído e que a população atendida pelo Hospital da Restinga não deverá ser afetada no período de transição. Continuarão sendo ofertados os serviços de internação e emergência 24 horas adulto e pediátrica, os exames de diagnóstico para a instituição e para a rede e as consultas de ambulatório nas áreas de infectologia e medicina interna. 

Orçamento

A previsão de orçamento está entre R$ 2,59 milhões e R$ 3,7 milhões. O edital prevê a abertura de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), a ampliação do número de leitos do complexo de 62 para 111 leitos — divididos entre pediátricos, adultos e UTI —, a criação de quatro blocos cirúrgicos, ambulatório e pronto-atendimento de traumatologia (aberto 12 horas por dia, seis dias por semana), e abertura de ambulatórios de infectologia, medicina interna, infectologia e urologia, além de uma emergência. 

Quanto aos exames, está prevista a oferta do exame de endoscopia, que ainda não é oferecido, e a ampliação da oferta das seguintes especialidades: análises clínicas, ecografia, mamografia, raio X, eletrocardiograma e tomografia. 

 

O que o hospital já possui

* Atendimento de emergência
* Internação pediátrica e adulta
* Exames laboratoriais e de Imagem
* Ecografia

O que virá com o novo contrato

* UTI
* Ampliação de exames para a rede de atenção primária (tomografia, ecografia, mamografia, exames laboratoriais, endoscopia digestiva alta e baixa, eletrocardiograma e raio X)
* Abertura de quatro salas cirúrgicas e ampliação dos ambulatórios de medicina interna, infectologia, traumatologia, cirurgia-geral e urologia.
* Com o acréscimo de 49 leitos aos 62 existentes, o hospital deverá oferecer 111 leitos de internação. 

 Confira aqui os melhores cupons e ofertas 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros