Magali Moraes e a coluna dedicada ao guisadinho - Notícias

Versão mobile

 

Coluna da Maga15/06/2018 | 10h00Atualizada em 15/06/2018 | 10h00

Magali Moraes e a coluna dedicada ao guisadinho

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e a coluna dedicada ao guisadinho Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Não sei você, mas eu adoro guisadinho. Pena que ele não é valorizado o suficiente. Em terra de gaúcho, adivinha quem brilha? Costela, vazio, maminha, picanha. Eu entendo, aprecio cada um dos exemplos acima, inclusive lambo os beiços. Apenas não acho justo o guisadinho ser visto como o primo pobre das carnes. Churrasco, a gente come no domingo e olhe lá. Já o guisadinho salva o dia a dia. Chame de carne moída. Escolha se é de primeira ou de segunda. Peça pra moer na hora, se quiser. 

O que seria da panqueca sem o guisadinho? Do pastel de carne e do pastelão de forno? Por que o saudoso canudinho de aniversário arranca suspiros até hoje? Acertou! Pelo guisadinho bem temperado lá dentro! Lasanha de carne é outra que não vive sem ele. Aliás, vários pratos devem a vida ao guisadinho. Macarrão à bolonhesa. Almôndega. Kibe. Rocambole de carne. O escondidinho pode até esconder outros recheios, mas sua fama começou com o guisadinho. 

Leia outras colunas da Maga  

Coadjuvante

Quantas crianças aprenderam a comer legumes por causa dos refogados com guisado? Com moranga, que delícia!! Ou cenoura, vagem, chuchu, milho. O que dizer do maravilhoso pimentão recheado? Guisadinho é sempre lembrado como coadjuvante, nunca como prato principal. Mas é comida dos deuses um bom guisadinho com batata. Ou com arroz, ovo duro e farofa. Em tempos de MasterChef e gourmetização de tudo, alguém assumir que gosta de guisadinho é rebeldia. Fui mais longe. Preparei uma coluna com guisado.

Atenção que o hambúrguer tem culpa no cartório. Antigamente, a gente salivava só com a carne moída cercada de pão. Agora é hambúrguer artesanal de cordeiro, de costela, com dois cortes de carne misturados. E quem vai prestar atenção no bife de hambúrguer com a cebola caramelizada roubando a cena? Todos aqueles tipos de queijos e os molhos da casa? Injustiça. Acho que vou fundar o primeiro Fã Clube do Guisadinho. Quem vem comigo? Se ficar a dica pro almoço, já fico feliz.    


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros