Magali Moraes e dicas valiosas pra evitar incêndios - Notícias

Versão mobile

 

Coluna da Maga18/07/2018 | 10h00Atualizada em 18/07/2018 | 10h00

Magali Moraes e dicas valiosas pra evitar incêndios

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e dicas valiosas pra evitar incêndios Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Segundas-feiras já são complicadas. A gente quer seguir no ritmo do fíndi, mas precisa agilizar a vida. Agora imagina começar a semana com um incêndio acontecendo no prédio, de manhã cedo, sem conseguir pensar direito. Foi assim pra mim e meus vizinhos na última segunda. O pessoal desceu de roupão de banho, pijama, do jeito que deu. Todos assustados, crianças chorando, climão tenso. A maioria trouxe seus cães, e vi o desespero de uma vizinha por descer sem os dela (que se esconderam na confusão). 

Quantas pessoas ficaram alheias ao perigo, sem sentir o cheiro da fumaça? Por muito pouco, eu já teria saído pro trabalho e meu filho estaria dormindo sozinho. Quando o alarme tocou, acionado por um vizinho que teve muita presença de espírito, aí não restou dúvida. Os andares da escada pareciam não ter fim. Por sorte, os bombeiros chegaram rápido e subiram até o apartamento por onde saía a fumaça. Outro vizinho estava lá, tentando apagar o fogo no banheiro. E ninguém em casa.

Leia outras colunas da Maga  

Desinformação

Um secador de cabelo foi o causador do estrago! Descuido ou desinformação? Os bombeiros contaram que a maior causa de incêndios hoje em dia é o carregador deixado na tomada, sem o celular!! Quem nunca fez essa bobagem? A praticidade que é capaz de incendiar a casa inteira. Olha o alerta do sargento Gomes: não deixar NADA ligado ao sair, nem máquina de lavar, secadora ou notebook carregando na cama. E tirar os malditos carregadores de celular das tomadas. 

Agora presta atenção ao recado final. Ele disse que as pessoas ficam esperando pra ver se tem fumaça, e depois não dá tempo de sair. O fogo se propaga tão rápido que te deixa preso no local. A fumaça é tóxica. Pano molhado embaixo da porta e janelas bem abertas depois de um incidente desses. Confesso que só de relembrar tudo aqui, tive que tomar um calmante. Poderia ter sido pior. Os bombeiros estão à disposição pra orientar e dar palestras preventivas.      


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros