Magali Moraes e o Advogado do Diabo - Notícias

Versão mobile

 

Coluna da Maga29/07/2018 | 18h24Atualizada em 29/07/2018 | 18h24

Magali Moraes e o Advogado do Diabo

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e o Advogado do Diabo Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Ele não fez faculdade de Direito e não tem carteira da OAB. Mas como trabalha o cidadão! Nunca vi seu rosto, mas seguido ouço a sua voz. Na verdade, o Advogado do Diabo pode ser homem ou mulher. Pode ser qualquer um de nós. É só chegar dizendo, em tom solene, "eu vou fazer o papel do Advogado do Diabo". Pronto! Já assumiu o cargo. Parabéns! O problema é que o Advogado do Diabo tá sempre procurando problemas. Lá vem bomba. Ou ele não falaria em nome do capeta.

Ser Advogado do Diabo é uma expressão comum em diversas profissões. Em reuniões de trabalho, sempre tem um que pega pra si essa tarefa. Antes ele até pergunta (com carinha de anjo) se pode ser o Advogado do Diabo. Quem sou eu pra impedir? Daí começam as perguntas desestimulantes. "E se o cliente odiar?" "E se der tudo errado?" O Advogado do Diabo, por definição, não é nada otimista. O tipo de pessoa que ama procurar cabelo em ovo. Coisa ruim. Belzebu de crachá.

Do contra

Fui pesquisar a origem desse termo e descobri que lá nos antigamentes existia mesmo o cargo. O Advogado do Diabo era contratado pela Igreja Católica pra questionar os pedidos de canonização e beatificação. O papel dele era ser do contra. Impedir o candidato de virar santo, jogar areia, atrapalhar a vida, complicar ao máximo. Literalmente, o Advogado do Diabo infernizava. Tadinho do Promotor da Fé, trabalhando do outro lado pra reconhecer os milagres. Em 1983, o Papa João Paulo II acabou com isso. Será?

Leia outras colunas da Maga

Com tanta gente desempregada, olha que bela oportunidade abrir vagas pra Advogado do Diabo! Já imagino uma grande fila de candidados. Pré-requisitos: ser bem crítico, levemente inseguro, caçar erros e encher o pessoal de dúvidas. Talvez o Advogado do Diabo só queira parecer mais inteligente que os outros. Não tenho a menor vocação. Inclusive sempre levanto a sobrancelha quando algum deles abre a boca. Agora se for pra gerar empregos, paciência. Eu aguento os demônios.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros