Ainda não programou o feriadão? Veja sugestões para viagens de última hora - Notícias

Versão mobile

 

7 de setembro vem aí30/08/2018 | 15h16Atualizada em 30/08/2018 | 16h46

Ainda não programou o feriadão? Veja sugestões para viagens de última hora

Fora do tradicional mapa turístico gaúcho, pequenos municípios têm se revelado atraentes para visitantes

Ainda não programou o feriadão? Veja sugestões para viagens de última hora William Santos/Agencia RBS
Pedra Furada, atração em Caçapava do Sul Foto: William Santos / Agencia RBS

Quem deixou para planejar na última hora o feriadão de 7 de setembro não precisa se desesperar. Se pacotes e passagens aéreas mais em conta para destinos como Rio de Janeiro, Buenos Aires e Montevidéu, ideais para feriados curtos, estão praticamente esgotados em agências nas celebrações da Independência, algumas cidades gaúchas podem ser opção para uma viagem rápida. Fora do tradicional mapa turístico, pequenos municípios como Machadinho, Ametista do Sul e São Lourenço têm se revelado atraentes para visitantes, seja pelas atrações naturais, seja por museus ou casarões históricos. 

– Machadinho e Cassino têm melhorado sua estrutura para receber visitantes, então, além dos atrativos naturais, oferecem conforto e boa gastronomia – explica Augusto Yanez Leite, diretor de marketing da Operadora Personal, que sugere ainda:

– São locais ideais para reunir a família e pegar a estrada.

Leia mais
Leitores dão dicas de destinos para uma viagem romântica
Confira cinco dicas para organizar as férias com economia
Turismo no RS: o que fazer em uma viagem à serra gaúcha

Uma das cidades que começam a despontar para visitação, recebendo turistas inclusive dos Estados do Paraná e São Paulo, é Ametista do Sul, ao Norte do Estado. Nos últimos anos, prefeitura e empresários investiram no turismo esotérico, por meio de estruturas construídas com pedras preciosas e visitação guiada a antigas minas. Um próspero polo vitivinícola também tem surgido na pequena cidade de 7,5 mil habitantes.

Machadinho, na divisa com Santa Catarina, merece um alfinete no mapa em razão das suas piscinas com águas termais. Nos últimos anos, foram lançados hotéis e restaurantes no município, ampliando o conforto a quem vai até lá conhecer parques aquáticos e a Cascata do Tigre, uma queda de 60 metros de altura próxima a trilhas ecológicas e caverna aberta à visitação.  

São Lourenço do Sul, que fica a três horas de viagem de carro partindo de Porto Alegre, mantém, mesmo no inverno, opções de passeio de escuna e museus alusivos à Revolução Farroupilha. Quem conseguir esticar o feriadão em alguns dias pode espichar a visita a Pelotas e passar pelos casarões e as charqueadas – além de devorar bons doces feitos à moda portuguesa.

Não é preciso ir tão longe para conhecer um destino novo. Alternativa menos badalada do que cidades vizinhas, Farroupilha, na Serra Gaúcha, possui restaurantes típicos italianos e alemães. O Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio é parada obrigatória para o turista religioso. 

– O bacana da Serra é que há muitas cidades bonitas e próximas, então o turista pode passar algumas horas em uma, almoçar, pegar o carro e conhecer outra – sugere Danilo Kehl Martins, presidente do Sindicato das Empresas de Turismo do Rio Grande do Sul (Sindetur-RS)

Dicas para o feriadão

Adega da Vinícola Ametista, em Ametista do Sul
Adega dentro de mina em AmetistaFoto: Vinícola Ametista / Divulgação

Ametista do Sul

Distância de Porto Alegre: 432km
Preço aproximado da diária dos hotéis: R$ 105 a R$ 172
Por que conhecer: oferece atrações esotéricas, como a pirâmide de energização, feita toda de pedra ametista, e museus e passeios temáticos por minas grandes lojas de gemas e joias. Mais informações no site da prefeitura.

 RIO GRANDE, RS, BRASIL, 27-07-2017: Estrutura do navio Altair, encalhado na praia do Cassino em 1976. O que resta da embarcação pode ser visto no caminho até o Farol Albardão, no litoral sul do RS. É o farol mais alto e mais isolado do estado, localizado nessa região justamente para tentar evitar os frequentes naufrágios na área. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Carcaça de navio na praia do CassinoFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Balneário do Cassino

Distância de Porto Alegre: 395km
Preço aproximado da diária dos hotéis: R$ 82 a R$ 224
Por que conhecer: além de fazer um check-in naquela que é considerada a maior praia do mundo em extensão, o turista poderá desfrutar de restaurantes de frutos do mar e conhecer a carcaça do navio Altair, encalhado em 1976.
Mais informações no site da prefeitura de Rio Grande.

 CAÇAPAVADOSUL-RS-BR-DATA;20150914Minas do Camaquã, localizada no município de Caçapava do Sul, local de  inumeros registros da mineração.  O  empresário Francesco Matarazzo Pignatari, ficou conhecido como Baby Pignatari, investiu nas décadas de 60/70.Algumas minas, atualmente são exploradas pelo turismo.FOTÓGRAFO:TADEUVILANI DATA:20150921
Mina a céu abertoFoto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Caçapava do Sul

Distância de Porto Alegre: 260km
Preço aproximado da diária dos hotéis: R$ 152 a R$ 262
Por que conhecer: é um prato cheio para os apreciadores do turismo ecológico, com trilhas, vales e rochas, em particular no Parque da Pedra do Segredo. Também vale uma passada na antiga mina de cobre que hoje está aberta à visitação.
Mais informações no site da Secretaria de Turismo do Estado

 FARROUPILHA, RS, BRASIL, 20/04/2017 - Padre Gilnei Fronza e o CaravaggioMóvel,  imagem da santa percorre comunidades todos os meses, no dia 26 (dia votivo).  O altar do santuáriotambém recebeu melhorias. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Santuário de CaravaggioFoto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Farroupilha 

Distância de Porto Alegre: 122km
Preço aproximado da diária dos hotéis: R$ 156 a R$ 240
Por que conhecer: além do turismo religioso, com destaque para o Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio, a cidade tem gastronomia típica e belezas naturais com boa estrutura de visitação, como a Cachoeira Salto Ventoso, cenário do filme O Quatrilho.
Mais informações no site da prefeitura

Foto para o Partiu RS de Machadinho, onde tem águas termais e cascatas.
Queda d´água em MachadinhoFoto: RBS TV / Reprodução

Machadinho

Distância de Porto Alegre: 363km
Preço aproximado da diária dos hotéis: R$ 114 a R$ 214
Por que conhecer: o contato com a natureza e os parques de águas termais são os principais atrativos. O turista encontrará trilhas, queda d'água e mirantes.
Mais informações no site da prefeitura

SÃO LOURENÇO DO SUL, RS, BRASIL, 27-08-2018. ZH mostra o que visitantes podem fazer em viagens a municipios históricos da Revolução Farroupilha. (JEFFERSON BOTEGA/AGÊNCIA RBS)Indexador: Jefferson Botega
Museu da Revolução FarroupilhaFoto: Jefferson Botega / Agencia RBS

São Lourenço do Sul

Distância de Porto Alegre: 211km
Preço aproximado da diária dos hotéis: R$ 151 a R$ 267
Por que conhecer: é um dos balneários da Lagoa dos Patos com melhor estrutura para receber turistas, com boa oferta de hotéis e restaurantes. As atrações envolvem passeio de escuna (por agendamento), curtir a tranquilidade da beira da lagoa e visitar casarões seculares e fazendas.
Mais informações no site da prefeitura.


Os preços dos hotéis foram pesquisados na manhã desta quinta-feira (30), nos sites Trivago e Trip Advisor, em diárias com café da manhã para casal.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros