Aposentados podem consultar primeira parcela do 13º salário a partir de quinta-feira - Notícias

Versão mobile

 

INSS20/08/2018 | 16h57Atualizada em 23/08/2018 | 11h04

Aposentados podem consultar primeira parcela do 13º salário a partir de quinta-feira

Os depósitos serão realizados a partir dia 27 deste mês e irão até 10 de setembro. A data varia conforme o valor recebido e o número final do benefício

Aposentados podem consultar primeira parcela do 13º salário a partir de quinta-feira Genaro Joner/Agencia RBS
O dinheiro virá junto com a remuneração de agosto Foto: Genaro Joner / Agencia RBS

A partir da próxima quinta-feira (23), aposentados e pensionistas poderão consultar o valor da primeira parcela do 13º salário. A informação é do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O dinheiro virá junto com a remuneração de agosto, que entra na conta dos segurados entre os dias 27 deste mês e 10 de setembro.

A consulta ao extrato pode ser feita pelo site Meu INSS, no item Histórico de Crédito do Benefício. Na barra à esquerda, clique no link "Histórico de Crédito de Benefício (CNIS)". É necessário cadastrar senha para o portal de serviços do instituto (veja  abaixo como fazer). Caso o segurado tenha dificuldades, é possível ter acesso ao extrato no banco de pagamento do benefício ou por meio da central telefônica 135.

É necessário cadastrar senha para o portal de serviços do INSSFoto:

Leia mais
Pagamento da primeira parcela do 13º começa no final do mês; confira as datas
Calculadora: saiba quanto será a primeira parcela do 13º dos aposentados
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas

Os depósitos seguem o modelo dos anos anteriores. Recebe primeiro quem ganha até um salário mínimo: nos últimos cinco dias úteis do mês referente ao pagamento. Nos primeiros cinco dias úteis do mês seguinte, setembro, ocorre o depósito para quem recebe acima de um salário mínimo.

Como determina a legislação, não há desconto de Imposto de Renda (IR) na primeira parcela paga a aposentados e pensionistas. Terão direito ao adiantamento cerca de 30 milhões de segurados em todo o Brasil, segundo o INSS, correspondendo a pagamento total de R$ 20,6 bilhões. Para conferir o dia de pagamento, os beneficiários podem usar o buscador abaixo indicando o último número do cartão de benefício (tire o dígito) e informando se recebe até um salário mínimo ou mais. O resultado mostrará o mês de referência à esquerda e a data do pagamento à direita.   

Por lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. Aqueles que recebem benefícios assistenciais – Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/LOAS) e Renda Mensal Vitalícia (RMV) – não têm direito ao 13º salário.

Fique atento ao valor

Mas é importante que os segurados fiquem atentos: nem todos receberão a exata metade do que ganham todo mês da Previdência Social. Quem já recebia o benefício em janeiro deste ano pode esperar 50% do valor, mas para aqueles que começaram a ter direito a partir de fevereiro, o valor é proporcional ao número de meses em que receberá a aposentadoria ou pensão até o fim do ano. 
 

Como fazer o cadastro no Meu INSS

 1. Acesso este site e, em seguida, clique em "Cadastre-se".
2. Para fazer o cadastro, é preciso CPF, nome completo, data e local de nascimento e nome da mãe, para gerar um código de acesso provisório.
3. Responda as questões solicitadas para o cadastro.
4. Depois, o segurado deve fazer login com essa senha provisória.
5. Em seguida, aparecerá mensagem para que crie sua própria senha. 

É necessário responder as questões solicitadas para o cadastroFoto:


contentFrom:cms -->
 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros