Imposto de Renda 2018: como conferir o valor da restituição - Notícias

Vers?o mobile

 

Reforço na conta08/08/2018 | 16h53Atualizada em 08/08/2018 | 16h53

Imposto de Renda 2018: como conferir o valor da restituição

Se você foi contemplado neste terceiro lote e não se lembra o valor da sua restituição, veja o passo a passo para conferir

Imposto de Renda 2018: como conferir o valor da restituição Roberto Scola/Agência RBS
Foto: Roberto Scola / Agência RBS
Diário Gaúcho
Diário Gaúcho

A Receita Federal liberou nesta quarta-feira (8) a consulta ao terceiro lote da restituição do Imposto de Renda 2018. O dinheiro estará disponível nas contas dos contribuintes contemplados no próximo dia 15. 

Leia mais
Saiba por que as antecipações de restituição do IR e de 13º salário podem colocar suas finanças em risco
Restituição do IR, abono salarial, adiantamento do 13º: o que fazer com a grana extra
Consulta ao terceiro lote do Imposto de Renda está liberada

Para saber se teve a restituição incluída nesta leva, acesse o site da Receita Federal ou ligue para o telefone 146. Para conferir o valor que entrará na sua conta, é necessário criar um login no Portal e-CAC – Central Virtual de Atendimento, neste link, na página da Receita, e gerar um código de acesso. Veja o passo a passo:

1. Entre no Portal e-CAC, preencha seu CPF, senha e o código de acesso (caso já tenha cadastro). Se ainda não tiver cadastro, clique em "Saiba como gerar o código de acesso" e preencha um pequeno formulário. Serão pedidos dados pessoais como data de nascimento, números de CPF e dos recibos de entrega das duas últimas declarações. Estes números são encontrados nos comprovantes de entrega impressos ou salvos em PDF ou ainda nos programas de declaração correspondentes a cada ano, que devem estar baixados no seu computador, na pasta "Declarações Gravadas". 

Primeiro passo é preencher os dadosFoto:

2. Será aberta uma tela com várias opções para obter informações sobra sua situação cadastral junto à Receita. Vá em "Declarações e Demonstrativos" e, depois, clique em "Extrato de Processamento da DIRPF".

Contribuinte deve clicar em "Declarações e Demonstrativos", na parte superior, e, depois, em "Extrato de Processamento"Foto:

3. Serão listadas todas as suas declarações originais e retificadoras. Na coluna "Situação", você saberá se a declaração já está contemplada em algum lote de restituição. Se constar a declaração como "Processada", significa que a declaração foi reconhecida como correta pela Receita, e o valor estará no próximo lote de restituição. Neste caso, clique na lupa para saber qual valor será depositado. Caso sua declaração ainda não tenha sido contemplada nos lotes liberados, constará a informação "Processada-em fila de restituição" e será necessário aguardar os próximos lotes.

Clique no quadrinho com a lupa, na coluna ServiçosFoto:

4. Quando houver valor a restituir, este constará em "Imposto a Restituir", dentro da caixinha com a lupa clicada anteriormente. Este valor é pago com correção da Taxa Selic proporcional ao número de meses em que a restituição aguardou a liberação, informação que constará no quadro inferior. Por fim, mais abaixo, em "Observações", o contribuinte já incluído em lotes de pagamento saberá a data do depósito e em qual banco será feito. 

O valor da restituição e dos juros estará no quadro centralFoto:


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros