Magali Moraes e a crença no agosto sem desgosto - Notícias

Versão mobile

 

Coluna da Maga01/08/2018 | 10h00Atualizada em 01/08/2018 | 10h00

Magali Moraes e a crença no agosto sem desgosto

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e a crença no agosto sem desgosto Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Me ajuda a melhorar a imagem de agosto? Esse mês não tem nada de simpático, eu sei. A fama não é boa. Mês do desgosto. Mês do cachorro louco. Quem gostaria de ser lembrado assim? Agosto já nasce se sentindo constrangido com a situação. Meio que pedindo desculpas, sem saber exatamente o motivo. Acho que pode ser apenas implicância. Se alguém aí ainda não saiu da cama, com medo de pisar no chão com o pé esquerdo justo hoje, deixa disso. Sem bullying com agosto, por favor.

Estou decidida a acreditar nele. Pensamento positivo e boa vontade, gente! Vou dar meu voto de confiança. Agosto quer ser um mês como outro qualquer, em que a vida segue na santa paz. Se um gato preto cruzar na sua frente ou você passar embaixo de escada, não é nada pessoal. Dizem que agosto se arrasta com correntes, levando o dobro do tempo pra acabar. É intriga. Depois do dia 20, todos os meses se arrastam. Desconfio que o (pouco) saldo no banco seja o verdadeiro culpado. 

Leia outras colunas da Maga  

Feriadinho

Bem que podia ter algum feriadinho em agosto, né? Ficou devendo essa. Mas são muitas datas comemorativas. No segundo domingo do mês é Dia dos Pais. Na manhã seguinte (13) é Dia do Canhoto. Festa em dobro pros pais canhotos! Aliás, agosto é exagerado nas comemorações. Dia 11 é quatro em um: Dia do Estudante, da Televisão, do Garçom e do Advogado (do Diabo também?). Ainda tem o Dia dos Solteiros (15), Dia Mundial da Fotografia (17), Dia do Folclore (18) e outros mais. Tô exausta já.

Consegui te convencer que agosto pode ser gente fina, elegante e sincera? Que pode chegar sorridente? Se um mês pudesse pentear o cabelo e botar perfume pra causar uma ótima impressão, seria ele. Mês do bom gosto. Mês do cachorro mansinho. Agosto das gentilezas. Que as próximas semanas nos tragam alegrias e conquistas. Se nenhum dos meus argumentos colou, vou dar a última cartada. A gente precisa passar por agosto pra encontrar a primavera. Então, vale o sacrifício.       


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros