Magali Moraes e a nova orla do Guaíba - Notícias

Versão mobile

 

Coluna da Maga03/08/2018 | 10h00Atualizada em 03/08/2018 | 10h00

Magali Moraes e a nova orla do Guaíba

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e a nova orla do Guaíba Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Ainda não fui ver de perto o melhor presente que Porto Alegre ganhou nos últimos anos. Quanto mais ouço falar da nova orla do Guaíba, mais curiosa eu fico. Também me dá um certo receio. Sabe aquele filme que todo mundo elogia demais e, quando você assiste, não acha tão bacana assim? As fotos do local criam muita expectativa. Olhando de longe, é de encher os olhos. É atração turística pra levar os visitantes. É programa pra sentir prazer em viver aqui. É cenário perfeito pra ser bairrista e ser feliz.

A nova orla do Guaíba é um sopro de vida. Uma obra à altura do nosso pôr do sol. É Porto Alegre finalmente acordando do coma. A cidade que deu as costas pra seu rio agora se une a ele. Essa revitalização pode marcar um recomeço. Nossos olhos viciaram na penúria. Nas calçadas esburacadas. Nos casebres construídos nas ruas. No abandono dos nossos cartões postais. Na falta de manutenção. Quem morava aqui e fica um tempo sem vir, leva um susto quando volta. Dói, tchê.

Leia outras colunas da Maga  

Boa educação

Preciso conhecer a nova orla antes que ela fique velha. Parece que os descuidos já começaram. Tenho ouvido coisas bem feias, em meio a tanta lindeza. Gente que bota cadeira de praia em cima de canteiro. Carro que estaciona invadindo a pista de ciclismo. Motoristas e flanelinhas que desrespeitam ciclistas e pedestres. Superlotação nos monumentos. É assim que se levanta a moral da cidade? Boa educação virou paisagem? Fico pensando se essa turma faz o mesmo em casa. Ou se só estraga o que é do coletivo.

Tem luzinhas no chão da nova orla. Que elas não apaguem até eu chegar. Tem deck enorme de madeira com bancos convidativos. Vai ter restaurante panorâmico e já quero reservar mesa. Sempre teve passeio de catamarã (taí algo que nunca fiz). Tem natureza pra fotografar. Tem lugar de sobra pra conviver em paz. Mas tem que ter bom senso e ajudar a cuidar. Nesse fíndi, vou lá. A nova orla do Guaíba merece ser celebrada e preservada.       


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros