Magali Moraes e uma nova utilidade pra bolinha de tênis - Notícias

Versão mobile

 

Coluna da Maga17/08/2018 | 10h00Atualizada em 17/08/2018 | 10h00

Magali Moraes e uma nova utilidade pra bolinha de tênis

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e uma nova utilidade pra bolinha de tênis Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Sério, você nunca mais vai olhar pra uma bolinha de tênis do mesmo jeito. Ela é muito útil fora das quadras. Pessoas que mal conseguem segurar uma raquete de tênis podem se sentir vitoriosas com ela. Essa pequena esfera é uma grande massagista. Sabe aquele pontinho de dor na lombar? Experimente deitar no chão e colocar uma bolinha de tênis entre seu corpo e o piso, bem no lugar onde dói. Jesus do céu!! Que coisa boa! Ela pressiona o ponto e alivia a dor. Fique um tempo ali, sem se mexer.

Essas bolinhas nasceram pra massagear a gente. Que partida de tênis, que nada. Perfeito é ter duas delas (não precisam ser novas). Assim dá pra colocar cada uma em pontos alinhados da coluna. Não sou especialista no assunto, mas já testei várias vezes. Só não funciona deitada na cama porque o colchão tira a firmeza necessária. Outro jeito é apoiar as costas na parede. Coloque as bolinhas nos pontos que incomodam e pressione. Pode até fazer movimentos pra cima e pra baixo, ou pros lados.

Leia outras colunas da Maga  

Poderosa

A tal da bolinha também é poderosa massageando a sola do pé. É só tirar o sapato, a meia e pisar com vontade em cima dela. Aguente firme ali, espere um pouco, depois faça círculos pressionando a bolinha contra o chão. Vai por mim. É como pisar nas nuvens. A turma do salto alto precisa experimentar. Agora o melhor jeito de usar a bolinha de tênis é pedir que alguém te faça massagem com ela. Uma leve força é bem-vinda pra desmanchar os nós e tirar a tensão.

No final do dia, geralmente eu me sinto A Incrível Hulk. Virada num paredão de músculos contraídos e embolotados. O pescoço some dentro dos ombros. Ainda não fico verde. É que a gente descuida total da postura. Fica sentada muito tempo. Deixa o estresse contrair até a alma. Quando percebe, tá virada em dor. Santa bolinha de tênis! Última dica (é a mais valiosa): lembre de alongar sempre. Costas, pernas, braços, palma da mão, tudo. Nosso corpo merece esse carinho.          


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros