Veja 10 dicas para fazer o WhatsApp acelerar seu negócio - Notícias

Versão mobile

 

Na palma da mão02/08/2018 | 14h07Atualizada em 02/08/2018 | 14h07

Veja 10 dicas para fazer o WhatsApp acelerar seu negócio

Mais de 70% das pequenas empresas usam o aplicativo. Segundo especialista, é preciso saber o que o cliente espera do app para não enviar mensagens indesejadas

Veja 10 dicas para fazer o WhatsApp acelerar seu negócio /
Se bem usado, aplicativo pode trazer novos e manter os atuais clientes

Estudo do Sebrae em todo o Brasil entre os meses de abril e junho deste ano constatou que os pequenos empreendedores estão em outro nível quando o assunto é se comunicar com os clientes – e impulsionar as vendas. A pesquisa Transformação Digital nas MPE ouviu 6.022 donos do próprio negócio e identificou que o WhatsApp é usado por 75% dos entrevistados. E no Rio Grande do Sul, 73% dos ouvidos revelaram que utilizam o aplicativo como a grande ferramenta de negócios. 

Entre as vantagens apontadas na pesquisa, está a capacidade de se comunicar rapidamente com os clientes, principalmente para oferecer informação de produtos ou serviços (59%) e  para fazer vendas (43%). A estratégia tem tudo para ser promissora: 120 milhões de brasileiros são usuários do WhatsApp, segundo dados divulgados pelo próprio aplicativo. 

Leia mais
App libera chamadas para grupos em áudio e vídeo 
Guia: o que você precisa saber para se tornar MEI
Falta de emprego faz abertura de novos negócios disparar

Mesmo com todo esse potencial, o app pode ser um tiro no pé e espantar consumidores. O tema merece tanta atenção que o Sebrae/RS ofereceu, em maio, um treinamento inédito sobre o assunto na Semana do MEI (Microempreendedor Individual). Chamado de O Uso do WhatsApp para Conquistar Clientes e Vender, o curso foi dado exclusivamente pelo aplicativo por meio de mensagens diárias em texto, áudio e vídeo.

– As pessoas têm diferentes motivos para comprar material elétrico, por exemplo. Pode ser para fazer uma reforma, uma construção, um pedreiro para usar no trabalho. E não se pode tratar todos eles da mesma forma. Então, é preciso respeitar a cultura e o contexto do cliente que se quer atingir – explica o consultor em negócios e professor de inovação Marcelo Pimenta, que ministrou o curso a convite do Sebrae.

10 dicas para o WhatsApp acelerar negócios

1. Pergunte o que o cliente espera do WhatsApp, não mande mensagens que ele pode não querer. Depois de saber isso claramente, crie um processo para usar a ferramenta.

2. Você pode usar o aplicativo para educar o cliente, dar dicas úteis na área do seu negócio, mostrar o uso correto de determinado produto, prestar assistência técnica e vender o que você faz. Escolha o seu foco e mãos à obra.

3. Jamais use conteúdos de terceiros sem autorização. Sua imagem pode ficar arranhada, sem contar o risco de ser – com justiça – questionado pelo verdadeiro dono do conteúdo.

4. Nunca espalhe notícias e informações falsas ou equivocadas, as perigosas fake news. Tenha certeza da veracidade de tudo o que você distribuir.

5. Atualize-se sempre. O WhatsApp muda todo dia e lança novidades. É preciso acompanhar isso de perto.

6. Entenda que o aplicativo tem várias formas de comunicação – grupos, lista de distribuição, mensagens de áudio, de vídeo e ligações por áudio e por vídeo. Decida quais você vai usar e como.

7. Crie postagens que misturem conteúdos que não tenham período de validade com outros que tenham ligação com fatos pontuais e atuais.

8. Não fique tentando vender para aquele cliente que não quer comprar agora. Toda venda tem um ciclo que precisa ser respeitado. Tenha paciência.

9. O texto da mensagem tem que ser agradável para as pessoas. Evite assuntos polêmicos, grosserias, coisas que causam repulsa.

10. O app WhatsApp Business foi lançado no Brasil e pode ser encontrado na loja de aplicativos do seu telefone. Esse app é uma evolução para empresas que querem se profissionalizar nesse canal. Para um pequeno empreendedor, a versão que todos já têm é mais do que suficiente.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros