Pronto-atendimento de Traumatologia do Hospital da Restinga começa a atender nesta segunda-feira - Notícias

Versão mobile

 

Saúde24/09/2018 | 06h00Atualizada em 24/09/2018 | 06h00

Pronto-atendimento de Traumatologia do Hospital da Restinga começa a atender nesta segunda-feira

Serviço estará disponível para a população de segunda a sábado, das 7h às 19h, e atenderá casos de média complexidade

Pronto-atendimento de Traumatologia do Hospital da Restinga começa a atender nesta segunda-feira Jefferson Botega/Agencia RBS
Sala que fará atendimentos de fraturas de média complexidade Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

O pronto-atendimento de traumatologia e ortopedia do Hospital Restinga e Extremo-Sul começa a funcionar nesta segunda-feira (24), a partir das 9h30min. Pacientes do extremo-sul da Capital vítimas de acidentes e com fraturas, que antes precisavam se deslocar até o Pronto-Atendimento Cruzeiro do Sul, localizado a 20 quilômetros de distância, ou mesmo ao Hospital de Pronto-Socorro (HPS) de Porto Alegre, a 23 quilômetros do local, poderão ser atendidos mais perto de casa. 

Leia mais
Hospital da Restinga inaugura bloco cirúrgico 50 meses após a abertura da instituição
Hospital Restinga troca de comando com meta de atender até 55 mil pacientes por mês
Hospital da Restinga: nova gestão prevê tempo de espera de até duas horas na emergência

O diretor-executivo do Hospital da Restinga, Paulo Scolari, afirma que a expectativa é de que o pronto-atendimento de traumatologia receba em torno de 700 pacientes por mês. Scolari explica que a previsão inicial é atender, por dia, seis pacientes por agenda (aqueles que já consultaram com clínico-geral no posto de saúde e foram encaminhados por regulação da Secretaria Municipal de Saúde) e 18 chegando pela porta da emergência. 

O serviço estará disponível 12 horas por dia, seis dias por semana, _ das 7h às 19h, de segunda a sábado _ e terá capacidade de fazer atendimentos de média complexidade. Traumas de alta complexidade serão estabilizados no Hospital da Restinga e encaminhados para o HPS. Oito médicos traumatologistas _ em revezamento por escala, atuando um por dia _ e dois técnicos de enfermagem irão trabalhar no local.

– Temos que começar a atender para entender como será a demanda e a quantidade de atendimentos de emergência que vamos receber – afirma Scolari. 

Pacientes que chegarem fora do horário do atendimento do PA de Trauma continuarão sendo encaminhados para o HPS ou para o Postão da Cruzeiro. 

Outros serviços

A inauguração do pronto-atendimento de traumatologia é o segundo serviço aberto desde que a Associação Hospitalar Vila Nova (AHVN) assumiu a gestão do Hospital da Restinga, em 21 de agosto. Em 11 de setembro, passou a funcionar o bloco cirúrgico, composto por quatro salas de cirurgias e uma de recuperação, com dez leitos. O espaço tem capacidade para fazer 19 cirurgias de baixa e média complexidades por dia. Até o final de outubro, a meta da instituição é fazer 300 cirurgias gerais e 80 urológicas por mês. No começo do próximo mês, está prevista a abertura da UTI, que terá dez leitos.

Alívio para os usuários

Moradora da Restinga, a cozinheira Maria Clair Almeida Santos, 56 anos, já precisou dos serviços de trauma diversas vezes e sempre teve que atravessar a cidade para chegar ao socorro. Nas duas vezes que quebrou pé, encarou uma hora de ônibus até o HPS. Há três anos, quando deslocou o ombro, foi até o Postão da Cruzeiro, onde levou quase dez horas para ser atendida. 

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - Pronto Atendimento de Traumatologia do Hospital Restinga entra em operação nesta segunda dia 24 de setembro. Na foto Maria Clair Almeida Santos, 56 anos.
Moradora da Restinga, Maria Clair agora terá socorro mais perto de casaFoto: Jefferson Botega / Agencia RBS

– Só de ir até o local sentindo muito dor, já é horrível. Tendo esse serviço mais perto de casa, me tranquiliza – conta ela, que mora há dez minutos de carro do hospital da Restinga. Neste domingo, estava no local acompanhando o atendimento de uma das filhas. 

O que mais a animou, no entanto, é a possibilidade de fazer consultas com traumatologista no Hospital. Maria Clair sofre com artrite e reumatismo na mão esquerda e aguarda, segundo seu relato, há quase três anos por uma consulta com especialista.

Novo serviço
O quê: Pronto-Atendimento de Traumatologia
Quando: das 7h às 19h, de segunda a sábado
Onde: Hospital Restinga e Extremo-Sul (Avenida João Antonio da Silveira, 3.700)

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros