Gaúchos ainda não sacaram R$ 67 milhões do abono, saiba se você tem direito - Notícias

Versão mobile

 

PIS/PASEP25/10/2018 | 16h29Atualizada em 25/10/2018 | 16h29

Gaúchos ainda não sacaram R$ 67 milhões do abono, saiba se você tem direito

Valor refere-se ao ano-base 2016 e estará disponível para saque até 28 de dezembro

Gaúchos ainda não sacaram R$ 67 milhões do abono, saiba se você tem direito Freepik,divulgação/Divulgação
Ao todo, são R$ 67 milhões que já poderiam estar no bolso das famílias Foto: Freepik,divulgação / Divulgação

 Gaúchos que poderiam reforçar o orçamento doméstico com até um salário mínimo (R$ 954) a mais estão marcando passo. Cerca de 92,6 mil trabalhadores no Rio Grande do Sul estão nesse grupo: ainda têm à disposição e não sacaram o Abono Salarial ano-base 2016. Ao todo, são R$ 67 milhões.

O Ministério do Trabalho alerta que o prazo máximo para retirar esse dinheiro nas agências bancárias é 28 de dezembro e que não haverá nova prorrogação. Depois desta data, o recurso retornará ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Leia mais
Nova fase de pagamento do abono salarial começa nesta terça-feira
Consultas sobre o PIS podem ser feitas no assistente de voz
PIS/Pasep: entenda a diferença entre abono salarial e saque de cotas dos fundos

Na Região Sul, 303,1 mil trabalhadores ainda têm mais de R$ 219 milhões a receber. O valor disponível em todo o Brasil chega a R$ 1,36 bilhão. São 1,85 milhão de trabalhadores que ainda não sacaram o benefício, o que corresponde a 7,56% do total das pessoas com direito ao abono de 2016.

Quem tem direito ao benefício

Pode ter direito ao abono ano-base 2016 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é preciso que tenha os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

A quantia destinada a cada trabalhador depende do tempo que ele trabalhou formalmente em 2016. Quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é R$ 79,50, referente a 1/12, e assim sucessivamente.

Confira se você tem dinheiro a receber

– Trabalhadores da iniciativa privada: consulta pode ser feita pessoalmente em qualquer agência da Caixa Federal, pela internet ou pelo telefone 0800-726-0207.

– Servidores públicos: a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente nas agências, pela internet ou pelo telefone 0800-729-0001.


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros