Manoel Soares: "Vamos votar com consciência, não com o umbigo" - Notícias

Versão mobile

 

Papo Reto06/10/2018 | 07h00Atualizada em 06/10/2018 | 07h00

Manoel Soares: "Vamos votar com consciência, não com o umbigo"

Colunista fala sobre a responsabilidade que os eleitores terão neste domingo

Manoel Soares: "Vamos votar com consciência, não com o umbigo" Lauro Alves/Agencia RBS
Foto: Lauro Alves / Agencia RBS
Diário Gaúcho
Diário Gaúcho

Tratar as eleições desse domingo como corrida de cavalo é o maior erro que podemos cometer. Temos que ser inteligentes e não pensar só em nós mesmos. Uma tática é pensar: qual deles vai ser bom para o meu filho e para a minha mãe? Assim paramos com o voto de umbigo e passamos a ter consciência. 

  Leia outras colunas do Manoel Soares  

Outra parada que não podemos esquecer é que deputados estaduais, federais e senadores são tão ou mais importantes que presidente e governador. Não pode ser só na amizade ou porque determinados oportunistas falam o que queremos ouvir. Por mais que seu governador ou presidente queira fazer o que promete, se deputados e senadores barrarem ele quebra na solda.

Engrenagem feita para funcionar

A política é uma engrenagem que nasceu para funcionar de forma sincronizada, mas quando um lado trava o outro não anda. Aí vem o dilema, se meus deputados e senadores não estão fechados com o presidente ou governador estamos jogando estresse no bonde dele e nada anda. 

Por um lado é legal, porque quando colocamos os contra nas câmaras eles vão vigiar, caso nosso candidato vacile. Mas, por outro lado, quem fiscaliza pode sabotar também. Votar domingo não é só uma obrigação, mas um momento para tentar equilibrar as forças que decidem nossos próximos quatro anos. Vamos votar com consciência, não com o umbigo e ego.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros