Magali Moraes e a fonte da juventude - Notícias

Versão mobile

 

Coluna da Maga18/11/2018 | 15h00Atualizada em 18/11/2018 | 15h00

Magali Moraes e a fonte da juventude

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e a fonte da juventude Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

 Minha mãe é noveleira das boas, e passou o fíndi com a gente na praia. Adivinha? Vi a novela das nove junto. De canto de olho, escrevendo a coluna e fazendo perguntas pra entender alguma coisa. Pode pular os nomes dos personagens. A Marina Ruy Barbosa falou, falou e só enxerguei a nova franja. Vi de relance o Tony Ramos. Fiquei feliz por ele não ser vilão. O único gato que apareceu foi o Gagliasso. Nada pessoal, Léon. Mas o que chamou a minha atenção foi a fonte que rejuvenesce.

Leia mais colunas da Maga

Que mulher não se liga nisso? Eu queria mergulhar o dedão do pé pra ver qual é a temperatura da água. Nunca faria como a Lilia Cabral, que vai aprontar horrores pra se adonar da tal fonte. Tá, confesso. Eu encheria uma garrafinha pra tomar uns goles e observar se alguma ruga sai de cena. Aliás, que belo tema o Aguinaldo Silva escolheu. Realismo fantástico e vaidade, que de fantástica não tem nada.Tomara que os sete guardiões segurem as pontas.

Obrigação

Rejuvenescer é quase uma obrigação hoje em dia. Homens envelhecem como um bom vinho (expressão irritante). Mulheres, não. Passam fome sonhando conquistar o corpo do verão. Escondem a idade. Colocam a vida em risco em procedimentos estéticos que prometem milagres. O espelho é inimigo e nos joga na cara que o tempo passou (apesar das rezas e cremes). Nos filmes de ação, os heróis envelhecem e suas parceiras são cada vez mais novinhas. Sabe nada, James Bond. Me poupa, Tom Cruise!

A mulherada começou a se aceitar. Não tem volta. Tem amor-próprio. Tem cabelo branco ganhando elogio. Tem barrigona de fora. Tem vovó de jeans rasgado e batom vermelho. Tem menininhas que vão crescer menos angustiadas. Num futuro bem próximo, que todas as mulheres se sintam no direito de envelhecer. Do jeito que quiserem, sem cobranças. Pra manter a tradição, eu não vou acompanhar a novela. Mas deixo um recado pras minhas leitoras: sejam guardiãs da sua autoestima. Gurias, somos todas lindas! 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros