Saiba por que o preço do leite está caindo e veja dicas de receitas para aproveitar o alimento - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Teu Bolso27/11/2018 | 16h21Atualizada em 27/11/2018 | 16h24

Saiba por que o preço do leite está caindo e veja dicas de receitas para aproveitar o alimento

Recuo é um dos poucos alívios no bolso das famílias e do comércio

Saiba por que o preço do leite está caindo e veja dicas de receitas para aproveitar o alimento pixabay/divulgação
Vai um leite aí?! Foto: pixabay / divulgação

Se o fim de ano é sinônimo de despesas extras, a boa notícia é que pelo menos um item básico da alimentação está com o preço em queda. Parceiro do café ou do achocolatado no café da manhã e de variadas receitas de doce, o leite longa vida está mais barato na prateleira. Levantamento da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) mostra que, depois de custar R$ 3,26 (preço médio) em julho, o valor médio do litro chegou a R$ 2,93 na terceira semana de novembro, um recuo de 10,1%. O relatório do Instituto de Estudos e Pesquisas Econômicas da UFRGS (IEPE-UFRGS) também mostra praticamente a mesma redução em período semelhante: 10,4% de julho a outubro (os dados de novembro só são disponibilizados em dezembro).  

Leia mais
Lei para reduzir burocracia na vida dos brasileiros está em vigor; veja o que muda
Entenda o que pode mudar no distrato na compra de imóveis
Saiba o que fazer na hora de comprar um smartphone usado

O motivo da queda nos preços é o aumento da oferta do produto no mercado brasileiro. O excesso de produção em Minas Gerais, principal Estado leiteiro do país, ajudou a derrubar o valor nas gôndolas. 

– As interferências do clima aumentaram a produção e houve necessidade de baixar os preços em função do excesso. Leite é perecível: ou vende ou joga fora – destaca o presidente da Agas, Antônio Longo.  

Economia na prática

Na prática, essa redução pode representar uma economia de cerca de R$ 20 por mês, em uma família de quatro pessoas, considerando o consumo de dois litros diário.  

– Em famílias com crianças em idade escolar, o consumo médio é de dois a dois litros e meio por dia. Em casas com crianças menores, o consumo aumenta – indica a nutricionista Cláudia Marchese Strey. 

Além da folga no orçamento familiar, a baixa do preço também dá uma mãozinha para os comerciantes, principalmente aqueles que usam o leite como insumo para outras preparações, como Luís Fernando de Oliveira, proprietário de uma padaria no bairro Menino Deus, em Porto Alegre.  

– Tudo vem aumentando, a luz, a farinha... A baixa no leite está dando uma ajuda. A gente trabalha muito com o leite longa vida na produção de doces, salgados, tudo praticamente usa leite – comenta.

Redução não deve impactar nos derivados 

A expectativa tanto da indústria quanto dos supermercadistas é de que os preços se mantenham no mesmo patamar nos meses de verão enquanto a produção estiver alta e o consumo menor. Bom para o consumidor e para parte do comércio. Contudo, os valores mais baixos podem não chegar até o outono. 

– Não é salutar ficar nesse patamar de preço, há necessidade de valor superior em função de custos do produtor e da indústria. O leite é um dos itens com menor margem no supermercado – avalia Longo.  

Ainda que a matéria-prima esteja mais em conta, os derivados não devem sofrer grandes alterações, estima secretário executivo do Sindicato da Indústria de Laticínios do RS (Sindilat), Darlan Palharini. Queijo, leite em pó, nata e manteiga devem manter-se na mesma faixa de preço.  

– O custo da manteiga e da nata não caem porque são a gordura, como se fosse a "picanha" do gado: é pequena e o mercado absorve todo o consumo – diz o secretário.  

Por que sobe tanto?

Os períodos de safra e entressafra têm grande impacto sobre o valor final do produto, como explica Palharini. 

Leia mais
Golpe da CNH Social volta a circular na internet
Saques do PIS/Pasep 2017 para nascidos em novembro está liberado
Governo altera regra para desconto no IPVA de 2020

– Normalmente, se compararmos com anos anteriores, a lógica acontece nesse mesmo período. Na safra, o preço cai e, na entressafra, sobe. O produto falta em todo o Brasil e não compensa trazer de fora para fazer a manutenção do mercado – diz. 

Em geral, o período intermediário entre uma safra e outra se estende de maio a setembro, no entanto, isso também depende das variações climáticas.

Dá para estocar?  

Para uma vida útil adequada, ele deve ser transportado e conservado em temperatura ambiente, em lugar arejado e sem umidade. Normalmente, após aberto, o leite deve ser conservado sob refrigeração em até 48 horas, ou conforme orientações do fabricante, presente na embalagem. Na prateleira do mercado, a vida útil do produto é de quatro meses.

Aproveite os preços em queda e teste estas receitas

Com a chegada das festas de final de ano, o leite é um ingrediente muito requisitado nas preparações. Confira as receitas de pratos salgado e doces elaboradas pela nutricionista Michele Nunes:

Torta fria integral de frango e escarola com maionese de leite

Base:
- 1 pacote de pão de forma integral sem casca
- 50ml de leite para umedecer as fatias

Cobertura para maionese de leite:
- 250ml de leite integral gelado
- 1 colher de sopa de vinagre balsâmico
- Óleo de milho, girassol ou canola em quantidade suficiente para dar o ponto da maionese
- Temperos conforme o gosto (alho, cheiro verde, salsinha)
Modo de fazer a maionese: coloque leite, vinagre e temperos no liquidificador em velocidade média e vá adicionando o azeite até chegar o ponto de maionese. Reserve na geladeira até a utilização.

Recheio 1 - Frango
- 1 peito de frango cozido e desfiado temperado a gosto
- 1 cenoura crua ralada
- 1/2 xícara de azeitona sem caroço picada
- 1/2 xícara de pepino picado
Modo de fazer: Misture o frango já cozido e desfiado com os demais ingredientes e reserve.

Recheio 2 - Escarola
- 3 xícaras de chá de escarola picada
- 2 colheres de sopa de cebola picada
- 1 colher de suco de limão
- 1 colher de sopa de azeite de oliva
- Salsinha a gosto
- Pimenta do reino a gosto
Modo de fazer: leve todos os ingredientes à frigideira e refogue por cerca de três minutos e reserve

Montagem da torta:
1. Em uma forma ou prato refratário, distribua a primeira camada de pães e umedeça com algumas colheres de leite, o suficiente para deixar o pão úmido.
2. Coloque o primeiro recheio de frango desfiado em cima da camada de pães.
3. Coloque a segunda camada de pães e umedeça com leite suficiente.
4. Coloque o segundo recheio de escarola.
5. As camadas devem ser realizadas sucessivamente até que terminem os recheios.
Dependendo da forma ou prato, a receita é suficiente para duas camadas de recheios.
6. A finalização será com a maionese de leite que deverá cobrir toda a torta. Depois de coberta, a torta deverá permanecer sob refrigeração até ser servida. A decoração fica a critério de cada um, pode ser com cenoura ralada, salsinha o ou que sua imaginação desejar.

Musse de chocolate light com calda de frutas vermelhas

Ingredientes:
- 250 ml de leite integral
- 1 caixa de creme de leite light
- Colheres de sopa de cacau em pó
- 1 envelope de gelatina sem sabor
- 1/2 xícara de água
Modo de fazer:
1. Coloque o leite no congelador e deixe até formar uma camada cristalizada por cima.
2. Hidrate a gelatina com a água e leve ao micro-ondas ou ao fogo o tempo suficiente para deixá-la líquida.
3. Retire o leite do congelador e bata na batedeira em velocidade alta até ficar aerado (dobrar o volume).
4. Adicione aos poucos o creme de leite gelado e o cacau em pó.
5. Por último, acrescente a gelatina derretida aos poucos.
6. Coloque em taças, com colheres de sopa da calda de frutas vermelhas e leve à geladeira por duas horas.

Calda de frutas vermelhas
Ingredientes:
- 2 e 1/2 xícaras (chá) de frutas vermelhas (morango, framboesa e amora - cerca de 350g)
- 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar
- Caldo de dois limões
Modo de fazer a calda:
Numa panela média, misture as frutas inteiras com o açúcar e o caldo de limão. Leve ao fogo baixo e deixe cozinhar por cerca de 20 minutos até formar uma calda grossa. As frutas vão cozinhar no próprio líquido e desmanchar. Reserve para amornar.

Pudim de sorvete

Creme 1
Ingredientes:
- 4 gemas
- 1 lata de leite condensado
- 2 latas de leite integral (a mesma medida da lata do leite condensado)
- Baunilha a gosto
Modo de fazer o creme 1:
1. Bata no liquidificador as gemas, o leite condensado, o leite integral e a baunilha por três minutos.
2. Após, leve a mistura para uma panela até que ferva. Desligue assim que ferver e reserve.

Creme 2
Ingredientes:
- 4 claras
- 6 colheres de açúcar
- 1 lata de creme de leite sem soro
Modo de fazer o creme 2:
1. Bata as claras em neve e acrescente o açúcar até obter consistência de suspiro.
2. Adicione o creme de leite aos poucos.

Modo de fazer o pudim:
1. Misture os dois cremes em um refratário cuidadosamente sem bater muito.
2. Em uma forma de pudim com furo no meio, acrescente seis colheres de cacau em pó e seis colheres de água.
3. Logo após, despeje a mistura dos dois cremes na fôrma e leve ao freezer por quatro horas.
4. Desenforme e sirva gelado.

Arroz doce natalino

Ingredientes:
6 xícaras de leite
2 xícaras de arroz
50g de uva passa branca
50g de uva passa preta
300g de chocolate branco picado
2 gemas de ovos grandes
1 lata de leite condensado
1 caixinha de creme de leite pequena
50ml de cachaça
4 cravos
Canela em pó a gosto
1 pitada de noz-moscada
2 pedaços de canela em pau
Castanha de caju picada a gosto
Folhas de hortelã para decorar

Modo de fazer:
1. Junte as uvas passas pretas e brancas com a dose de cachaça e deixe embebidas por 30 minutos para amolecer. Coe e utilize só as passas.
2. Cozinhe o arroz com as seis xícaras de leite, a noz-moscada, a canela em pau, o cravo e as passas.
3. Bata as gemas no liquidificador juntamente com o leite condensado. Coloque uma concha do arroz já cozido misturando sempre para não talhar a gema.
4. Junte com o restante do arroz na panela, apague o fogo, coloque o chocolate branco misturando bem até o chocolate derreter no arroz e formar um creme. Por último, coloque o creme de leite.
5. Decore com as castanhas de caju picadas e canela em pó. Leve à geladeira por três horas e pode servir.

 
 
 
 
 
 

Mais sobre

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros