Magali Moraes e mais histórias: pedidos especiais pro Noel - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Coluna da Maga20/12/2018 | 14h20Atualizada em 20/12/2018 | 17h49

Magali Moraes e mais histórias: pedidos especiais pro Noel

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e mais histórias: pedidos especiais pro Noel Fernando Gomes/Agencia RBS
Magali Moraes Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

A Iara Cristina do Rosário é um dos muitos tesouros que o DG me deu nestes quase quatro anos. Quando ela escreve, é explosão de carinho. Imagina a minha alegria ao receber um e-mail com duas histórias lindas de Natal! Essa guria querida sabe bem o que merece ser lembrado e agradecido. O Noel é outro que gosta bastante dela. E caprichou, atendendo seus pedidos. Peraí que já conto tuuudo.

Há 25 anos, a Iara não conseguia emprego de jeito nenhum. Com tempo de sobra e sem grana, ela resolveu fazer uma visita guiada (grátis) no Solar dos Câmara, em Porto Alegre. Ao se emocionar com a história do casarão e encontrar uma fonte no pátio, teve a ideia de jogar uma moeda e fazer um pedido. Então, pegou os únicos R$ 0,10 que tinha no bolso e jogou lá. Seu pedido? Um emprego urgente. Como era véspera de Natal, ela quis se garantir e escreveu uma cartinha pro Noel, reforçando o pedido. Depositou numa caixa coletora dos Correios, essas de rua. Sem selo. Só endereçada ao Polo Norte.

Leia mais colunas da Maga

Alugar

Depois disso, o emprego chegou do nada! Até hoje, ela não sabe se foi a fonte, a cartinha ou tudo junto. A outra história também é sobre um pedido de Natal. Cansada de alugar a família dos amigos pra passar as festas, e longe da vó, que mudou pra São Paulo, a Iara ficou sem rumo. Mesmo sendo sempre bem recebida, queria uma ceia feita por ela. No Natal de 2007, fez o pedido. "Noel, por favor, traz uma família pra mim!" E não é que ele ouviu? Logo ela conheceu o marido, que já vinha com kit completo: duas filhas e um genro.

Hoje é a Iara quem recebe os amigos na sua casa, com a família e a mesa farta. O filho usa até toquinha pra esperar o Noel! Sabe o que ela me disse? "Amiga, o melhor da vida são as pessoas que vamos 'recolhendo' pra dentro do coração pelo caminho. Você é uma delas!" Bah. Essa coluna é um abraço beeem apertado em ti, amada!! Tenho certeza que o Noel vai passar aí. Tu foi uma boa menina, sim. E brilha mais que luzinha de Natal.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros