Prazo do abono salarial 2016 termina nesta sexta-feira: gaúchos ainda podem sacar R$ 65 milhões - Notícias

Vers?o mobile

 
 

PIS/Pasep27/12/2018 | 15h35

Prazo do abono salarial 2016 termina nesta sexta-feira: gaúchos ainda podem sacar R$ 65 milhões

No Rio Grande do Sul, 91.098 trabalhadores têm direito ao benefício

Prazo do abono salarial 2016 termina nesta sexta-feira: gaúchos ainda podem sacar R$ 65 milhões Kátia Nascimento/Agencia RBS
Fique atento ao prazo Foto: Kátia Nascimento / Agencia RBS
Agência Brasil e Diário Gaúcho

O prazo para o saque do Abono Salarial ano-base 2016 termina nesta sexta-feira (28). Cerca de 7,5% dos trabalhadores com direito ao recurso ainda não sacaram o dinheiro, conforme o último balanço do Ministério do Trabalho, referente ao mês de novembro. O valor ainda disponível é de R$ 1,3 bilhão para 1,8 milhão de trabalhadores. Até o momento, já foram pagos R$ 16,7 bilhões para 22,7 milhões de trabalhadores. 

Inicialmente, o prazo limite era 29 de junho, mas a prorrogação foi autorizada em julho por resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). Somente no Rio Grande do Sul, 91.098 trabalhadores têm R$ 65,8 milhões para retirar, de acordo com o Ministério do Trabalho.  

Leia mais
Gaúchos têm uma semana para sacar R$ 65 milhões do Abono Salarial 2016
Ministério da Fazenda sugere fim do abono salarial e revisão do reajuste do mínimo
Bancos não podem descontar valores do PIS/Pasep para quitar dívidas

Tem direito ao abono salarial ano-base 2016 quem estava inscrito nos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há, pelo menos, cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

A quantia a que cada trabalhador tem direito depende do tempo em que ele trabalhou formalmente em 2016. Quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é 1/12, e assim sucessivamente.

Trabalhadores da iniciativa privada devem procurar a Caixa Econômica Federal. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-726-0207. Para servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente,  pela internet  ou pelo telefone 0800-729-0001.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros