Dia do Consumidor 2019: saiba como aproveitar este 15 de março para boas compras - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Suas compras14/03/2019 | 16h05Atualizada em 15/03/2019 | 06h24

Dia do Consumidor 2019: saiba como aproveitar este 15 de março para boas compras

Data foi criada, originalmente, para estimular o consumo consciente. Mas com expectativa de descontos nas lojas, pode ser boa chance para aquela aquisição inadiável

Dia do Consumidor 2019: saiba como aproveitar este 15 de março para boas compras Omar Freitas/Agencia RBS
Faça um planejamento na ponta do lápis antes de ir às compras Foto: Omar Freitas / Agencia RBS
GaúchaZH
GaúchaZH

Criado para ser a data em que todos pensam melhor antes de colocar a mão no bolso, o Dia do Consumidor, celebrado nesta sexta-feira (15), virou mais um convite ao consumo. Lojistas prometem aproveitar o período quase como uma Black Friday fora de época, oferecendo descontos de até 50% em itens como eletrônicos, eletrodomésticos e vestuário.

Sem deixar de olhar bem para o orçamento, poderá ser um bom momento para realizar aquela aquisição tão necessária. O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) recomenda que os consumidores conheçam a política de trocas do comércio eletrônico antes das compras e fiquem atentos às falsas liquidações, quando lojas aumentam os preços antes de aplicar descontos. 

Leia mais
Dia do Consumidor: antes de comprar, siga 6 passos
Dia do Consumidor: Defensoria Pública realiza mutirão em Porto Alegre para esclarecer dúvidas
Três direitos que o consumidor tem e três que ele não tem

— Na Semana do Consumidor ou em qualquer época do ano, o principal é ter atitudes que vão ao encontro dos valores do consumo consciente. Ou seja, é preciso que haja uma mudança de comportamento, que a pessoa planeje suas compras com antecedência, refletindo a real necessidade do bem ou serviço a ser adquirido — afirma Cláudia Forte, superintendente da Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF-Brasil).

Defensoria fará  atendimento no Centro

Um levantamento da consultoria Ebit Nielsen estima que as vendas devam crescer 18% nas ofertas alusivas ao Dia do Consumidor em relação ao ano passado. O Walmart, por exemplo, anuncia 50% de desconto em produtos como notebooks, smartphones, geladeiras e até desodorantes pelo site nesta semana. A Fast Shop promete corte de até 45% no preço em seu e-commerce. A variedade de itens passa por adegas de vinho, caixas de som, purificadores de água e cafeteiras. 

Em meio a tantas ofertas, o viés de conscientização não pode ser deixado de lado. Por isso mesmo, a Defensoria Pública do Estado realiza nesta sexta-feira um mutirão para orientações jurídicas e educacionais. O evento será no Largo Glênio Peres, no Centro da Capital, das 9h às 13h. Integrantes da Defensoria explicarão, por exemplo, quais os direitos na negociação com os lojistas e também em compras online. A participação é gratuita.

Como se dar bem no Dia do Consumidor

  • Faça um planejamento na ponta do lápis antes de ir às compras. Descreva o que pretende comprar, qual o valor e a melhor forma de pagamento. Assim, escape da compra por impulso e da dívida.
  • Não se limite a pesquisar preços em apenas um site. Em períodos de promoções, como o Dia do Consumidor, é imprescindível usar a diversidade da internet para comparar as ofertas.
  • Veja se o desconto é real, ao consultar sites e aplicativos que registrem o histórico de valores. Algumas das ferramentas mais conhecidas são do Buscapé e do Zoom, que apresentam gráfico com a variação média do valor do produto. A pesquisa é importante porque algumas empresas podem elevar artificialmente os preços antes de aplicarem descontos, tornando as promoções inócuas. 
  • Prefira comprar nas lojas que você conhece e confia. Se for pagar online, tenha cuidado para não cair em fraudes: opte pelos sites confiáveis. O cartão de crédito é considerado a forma mais segura de pagamento, pela possibilidade de pedir estorno dos valores.
  • Quando for concluir a compra, confira se estão sendo cobrados os valores anunciados e se o frete não é alto demais. Por ser uma ocasião esporádica, pode ser que os preços promocionais não estejam atualizados nos sistemas das lojas.
  • Sites de comparação de preços podem ajudar nesta época de promoções – alguns, como o Buscapé, anunciam um esquema especial para comparar preços durante a Semana do Consumidor. Zoom, Bondfaro e JaCotei são outras boas fontes de informação.
 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros