Perdeu documentos no Carnaval? O SPC oferece serviço para alertar o comércio - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Aviso contra golpe06/03/2019 | 16h35Atualizada em 06/03/2019 | 16h38

Perdeu documentos no Carnaval? O SPC oferece serviço para alertar o comércio

Para reduzir o risco de fraudes nas compras, estabelecimentos são informados sobre a perda por parte dos consumidores

Perdeu documentos no Carnaval? O SPC oferece serviço para alertar o comércio Mateus Bruxel/Agencia RBS
Basta levar o boletim de ocorrência da Polícia Civil a um posto de atendimento Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS
GaúchaZH
GaúchaZH

É comum pessoas perderem documentos ou serem vítimas de furtos e roubos durante o Carnaval. Para manter os dados pessoais em segurança, o SPC Brasil oferece um serviço gratuito, o SPC Alerta de Documentos. 

Leia mais
Governo do RS lança novo modelo da carteira de identidade
Multas de trânsito poderão ser parceladas no cartão, mas com acréscimo de juro
Confira as diferenças de juros nos empréstimos em fintechs e bancos tradicionais

Em caso de perda, roubo ou furto de CPF, CNPJ, certidão de nascimento, passaporte, cheques ou cartões de crédito, a população deve levar o boletim de ocorrência – é preciso registrar o fato na Polícia Civil – a qualquer balcão de atendimento do SPC Brasil. 

No local, será realizado o procedimento que reduz o risco de fraudes. O Posto de Atendimento do SPC mais próximo pode ser consultado pelo site do SPC .

Monitoramento de CPF

Informados sobre o fato, os estabelecimentos comerciais podem evitar o uso das informações por golpistas em compras parceladas. Se algum estelionatário tentar utilizar os documentos em loja que consulte a base de dados do SPC, haverá um alerta para o lojista. A parti daí, serão solicitadas mais informações para confirmar se o comprador é, realmente, quem diz ser. 

O SPC também liberou gratuitamente, por 30 dias, o "SPC Avisa", que monitora o CPF para evitar fraudes. O consumidor é avisado por e-mail, em até 24 horas, de qualquer movimentação suspeita no documento, como consulta para a realização de compras a prazo, verificação de nome restrito, inclusão de registros de inadimplência e alteração de dados cadastrais. O monitoramento pode ser acessado também pela internet

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros