Manoel Soares apresenta Graça Machel: "Ela se dedicou a melhorar a vida de outros africanos" - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Papo Reto18/05/2019 | 07h00Atualizada em 18/05/2019 | 07h00

Manoel Soares apresenta Graça Machel: "Ela se dedicou a melhorar a vida de outros africanos"

Colunista escreve nas edições de final de semana do Diário Gaúcho

Manoel Soares apresenta Graça Machel: "Ela se dedicou a melhorar a vida de outros africanos" Arquivo Pessoal/Divulgação
Manoel ao lado de Graça Machel Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Amigos, essa mulher ao meu lado na foto abaixo parece ser uma daquelas nossas tias que sempre têm uma palavra amiga e nos ajuda quando não sabemos que rumo seguir na vida, né? Na verdade, ela é uma mulher que nasceu em Moçambique, um país da África. Quando pequena, teve que aprender, como muitos de nós, a lidar com as injustiças por conta da cor da pele e de sua origem. 

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Na adolescência, conseguiu estudar e se tornar professora. Mas não aceitou que pessoas como ela não pudessem ser donas de seu destino e foi para a guerrilha armada pela independência de seu país. Aos 29 anos, virou ministra da Educação e se casou com o presidente de Moçambique, Samora Machel. 

Exemplo

Ela fez o país crescer e após a morte do marido se dedicou a melhorar a vida de outros africanos. Conheci esta mulher em 2010, na África do Sul, durante a Copa do Mundo, quando ela era esposa de Nelson Mandela. Sim, essa pessoa ao meu lado é a viúva de Mandela e uma das mulheres mais importantes do mundo. 

Falei tudo isso para que saibamos que pessoas parecidas com a gente podem ser grandes. Às vezes, a falta de referência nos deixa sem saber para onde ir, mas pessoas como ela servem para nos mostrar que somos mais que nossas origens. Antes que eu esqueça, amigos, o nome dela é Graça Machel.

Leia outras colunas Papo Reto

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros