Diego Araújo: "A hora do 'Corações'" - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Coluna da Maga12/06/2019 | 12h52Atualizada em 12/06/2019 | 15h45

Diego Araújo: "A hora do 'Corações'"

O jornalista Diego Araújo está substituindo a colunista Magali Moraes 

Diego Araújo: "A hora do 'Corações'" Bruno Alencastro/Agencia RBS
Diego Araújo Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

São 21h. Deixo meu lugar e vou até a mesa da editora Elana Mazon, que finaliza uma das páginas da editoria Vida da Gente do Diário Gaúcho. Não consigo falar, pois ela está ao telefone. Cinco minutos depois, volto e a encontro mais uma vez em uma ligação. Pergunto à vizinha de mesa, a também editora Lis Aline Silveira, se há algum problema com a colega. 

– Nenhum, é que estamos na hora do “Corações” – afirma a Lis.

– O quê? – indago.

– A hora do “Corações Solitários” – responde a Lis, já impaciente.

– Como assim? – insisto.

– Neste horário, aumenta muito o número de ligações para cá de pessoas interessadas em colocar anúncios no “Corações Solitários” – esclarece, referindo-se à seção criada com o jornal, há 19 anos.

Leia mais colunas da Maga

Começo a entender. Depois de um dia cheio de trabalho ou de escola, em que o barulho da rua diminui, que as luzes da casa se apagam, que as vozes se calam, surge violentamente a solidão. Aquele sentimento que, para muitos, é difícil de conviver. Não há com quem trocar segredos, contar as novidades, dividir os problemas ou até mesmo compartilhar silêncios. 

É aí que o Diário entra. O mesmo jornal que informa, mostra vagas de emprego disponíveis, dá spoiler da novela, também aproxima casais. Desde que surgiu, em abril de 2000, é impossível saber quantos namoros a seção formou, quantos casamentos promoveu, quantos filhos nasceram com o empurrão do “Corações Solitários”. 

Nesta edição, em reportagem da Caroline Tidra, mostramos alguns desses relacionamentos felizes. Gente que conheceu sua cara-metade lendo as notícias do dia. Pessoas que venceram a solidão, que namoraram, se casaram e que tiveram filhos a partir do quadradinho do Corações Solitários. Lindo de ver. E de ler. Vá lá nas páginas 30 e 31. 

Um jornal se justifica quando consegue ser útil aos leitores. Seja mostrando onde se vacinar contra a gripe, como gastar menos no súper ou até fazendo algo tão nobre como servir de cupido. 

Feliz Dia dos Namorados.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros