Manoel Soares fala sobre os diferentes tipos de analfabetismo - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Papo Reto15/06/2019 | 05h00Atualizada em 15/06/2019 | 05h00

Manoel Soares fala sobre os diferentes tipos de analfabetismo

Colunista escreve no Diário Gaúcho aos sábados 

Manoel Soares fala sobre os diferentes tipos de analfabetismo Lauro Alves/Agencia RBS
Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Alguns dos que estão lendo esta coluna não se consideram analfabetos. Saber juntar palavras não necessariamente nos qualifica como alfabetizados. A incapacidade de alguns de nós em ler números nos coloca em desvantagem quando queremos planejar nosso futuro, e isso é uma forma de ser analfabeto. O analfabetismo numérico faz com que paguemos mais por produtos, faz nosso dinheiro valer menos e, quando nos damos conta, a vida passou e não fizemos nada para mudar a realidade à nossa volta.

Patrimônio

Um exemplo disso é o que muitos fazem com a grana do Fundo de Garantia. Entre os absurdos está gastar em noitada pagando “kit” para os amigos. É como se quisessem compensar a dor de perder o emprego com a alegria eufórica de uma noite. Isso demostra um outro analfabetismo que é muito presente: o emocional. 

Leia mais colunas de Manoel Soares

Não saber ler os sentimentos que nos cercam faz com que fiquemos cegos, achando que os hologramas das emoções são reais. Óbvio que saber juntar as letras é um patrimônio que temos, pois por meio dessa capacidade podemos eliminar todos os demais analfabetismos. Ler livros é necessário, mas ler números e sentimentos pode ser a diferença entre riqueza e pobreza, tanto no bolso quanto na alma.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros