Grupo da Restinga encerra neste sábado participação no Festival de Dança de Joinville - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Conquista20/07/2019 | 07h00Atualizada em 20/07/2019 | 07h00

Grupo da Restinga encerra neste sábado participação no Festival de Dança de Joinville

Evento é um dos maiores do mundo no gênero. Dançarinos da Capital apresentaram três coreografias

Grupo da Restinga encerra neste sábado participação no Festival de Dança de Joinville Nilson Bastian/Divulgação
Grupo da Capital apresentou três coreografias no evento Foto: Nilson Bastian / Divulgação

Os 30 alunos da Escola Preparatória de Dança (EPD) Pasqualini, da Restinga, na Capital, encerram neste sábado a participação no 37º Festival de Dança de Joinville. Eles estão desde quarta-feira na cidade participando dos palcos abertos, que ficam em espaços públicos como shoppings, museu e hospitais, e são acessíveis a toda a comunidade. Moradores e visitantes têm acesso gratuito durante os 12 dias do festival. 

Em 2019, mais de 1,7 mil coreografias inscreveram-se na modalidade. Elas contemplam os gêneros Balé Neoclássico, Balé Clássico de Repertório, Jazz, Danças Populares, Dança Contemporânea, Danças Urbanas e Sapateado. O grupo de Porto Alegre foi selecionado para apresentar três coreografias, duas em grupo e uma solo. 

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

A Escola Preparatória de Dança é um projeto de formação de bailarinos em escolas municipais de Porto Alegre, tendo, atualmente, cinco polos. O projeto atende crianças em situação de vulnerabilidade social por meio de aulas de dança, durante o turno inverso da escola.

– A comunidade está muito orgulhosa, a gente percebe isso em todos. Tecnicamente, não vejo diferença entre eles e os demais grupos, pois há outros grupos com as mesmas dificuldades que a gente. Mas, ao mesmo tempo, é possível ver onde há um investimento maior, por exemplo, em figurino. Conseguimos acompanhar várias apresentações, foi uma grande oportunidade para todos – disse a professora Helena Paz.

Participação da Escola Preparatória de Dança (EPD) Pasqualini, da Restinga, no Festival de Dança de Joinville.
Palcos eram abertos ao públicoFoto: Nilson Bastian / Divulgação

Autoestima e muita alegria

Para realizar a viagem, os alunos contaram com apoio de muitos voluntários. Durante meses, eles fizeram campanhas e ações para arrecadar recursos para a excursão. Agora, o momento é de agradecimento. 

Para a aluna Raissa de Lisboa Farias, 13 anos, participar do maior festival de dança do país está sendo uma oportunidade incrível.

Leia também
Grupo da Restinga intensifica campanha para viabilizar participação no Festival de Dança de Joinville
Grupo de dança da Restinga embarca nesta terça para participar de festival em Joinville

– É uma experiência nova. Eu quero saber mais e aprender mais. Está sendo mágico – conta.

Angélica Custódio, de 11 anos, relata que é uma chance para renovação de sonhos de muitos alunos.

– Um dia poderemos vir para cá competir, mas o que estamos fazendo agora já está nos ajudando a aprender. Mostra que podemos fazer isso todo dia, sair para dançar com autoestima e alegria – completa.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros