Magali Moraes e a toalha de papel: poderosa - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Coluna da Maga20/08/2019 | 13h02Atualizada em 20/08/2019 | 13h02

Magali Moraes e a toalha de papel: poderosa

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e a toalha de papel: poderosa Fernando Gomes/Agencia RBS
Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Vamos atualizar os fatos: não é mais o Bombril que tem mil e uma utilidades. Ele teve seu tempo de glória quando ajudava até na diversão familiar, ao ser colocado na ponta da antena de TV pra melhorar a imagem dos canais. Jovem, dá um Google pra entender. A turma mais vivida lembra direitinho. Agora que tem sinal digital e várias marcas de palha de aço pra escolher, é chegada a hora de valorizar a toalha de papel. Ela, sim, tem mil utilidades! Tá pra nascer outro produto mais salvador.

Graças à invenção da toalha de papel, infinitas toalhinhas de verdade deixam de ser usadas todos os dias. E guardadas após lavar, secar, passar. Que trabalhão! É só pegar uma ou duas folhas de papel-toalha e pronto. Usou, botou fora. Descartável e prática, a toalha de papel só dificulta a vida pros micróbios. Mas seu rolo não precisa ir pro lixo. Ele desperta a criatividade no artesanato e nas invenções quebra-galho: o Youtube tem muitos vídeos ensinando a fazer de tudo com ele. 

Leia mais colunas da Maga

Chiclete

Se o MacGyver ainda existisse, aposto que ele venceria todos os bandidos usando apenas um rolo de toalha de papel, um chiclete e dois grampos de cabelo. Lembra do personagem da série Profissão Perigo, que passava na TV? Essa é do tempo do Bombril na antena, eu sei. Quem gostava de aventura e improviso não perdia um episódio. Agora esquece o MacGyver e a aventura. Foca no improviso. É onde a toalha de papel vira estrela. Deixa um rolo sempre à mão pra ver.

Acabou o guardanapo de boca? Sujou o chão? Vai fritar batatinha? Untar a forma? Tudo se resolve com toalha de papel. A família vai viajar? Não esquece de levar um rolo salvador. Tem criança pequena? Então leva dois! Fazendo a dobradura certa, papel-toalha vira calço de mesa. Eu uso até pra tirar o excesso de protetor solar do rosto. Se tem papel no nome é porque dá pra escrever. Já fiz bilhetinho em toalha de papel. Só falta usar pra escrever a coluna. Qualquer dia desses, eu testo. 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros