Desenhos pintados por pacientes em hemodiálise serão exibidos em exposição no Hospital de Clínicas - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Autoestima colorida14/09/2019 | 05h00Atualizada em 14/09/2019 | 05h00

Desenhos pintados por pacientes em hemodiálise serão exibidos em exposição no Hospital de Clínicas

Projeto propõe a ocupação do tempo das sessões com a atividade para mudar a rotina de quem precisa do tratamento

Desenhos pintados por pacientes em hemodiálise serão exibidos em exposição no Hospital de Clínicas André Ávila/Agencia RBS
Darci, além de pintar as figuras fornecidas no local, gosta de produzir seus próprios desenhos Foto: André Ávila / Agencia RBS

As quatro horas de duração das sessões de hemodiálise têm passado mais rápido para pacientes do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Nos quartos onde o sangue é filtrado, o barulho das máquinas está dando lugar ao som de lápis e canetinha riscando o papel. O ambiente onde a luta pela vida parece deixar os humores abalados já não é mais o mesmo. Agora, sorrisos e conversas animadas ocupam o espaço. 

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Estas mudanças são fruto do trabalho interdisciplinar realizado no HCPA. No caso da Nefrologia — especialidade que abriga as pessoas que fazem hemodiálise —, a transformação tomou mais corpo desde a criação de um projeto que estimula pacientes a pintarem desenhos. Angélica Nickel Adamoli, integrante do Serviço de Educação Física e Terapia Ocupacional do Clínicas, foi a idealizadora do projeto. Trabalhando há nove anos no hospital, Angélica cita que o estímulo para a iniciativa veio na sua mudança de cenário dentro da instituição. Antes da área de nefrologia, ela trabalhava no acompanhamento e recuperação de dependentes químicos.

— Era um ambiente onde trabalhávamos muito mais para controlar a ansiedade, a agitação, os riscos de recaída. Aqui, os pacientes ficam mais introspectivos diante do tratamento. Pode surgir a depressão, entre outros quadros clínicos — explica Angélica.

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 2019.09.10 - O Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) criou uma iniciativa para ajudar na autoestima dos pacientes que fazem hemodiálise. Durante as sessões e no tempo livre que tem casa, estas pessoas fazer a pintura de desenhos que são distribuídos pelo Serviço de Educação Física e Terapia Ocupacional. Para comemorar o sucesso da iniciativa, as artes coloridas pelos pacientes serão expostas em um simpósio do Clínicas. O evento foi batizado de I Mostra Cores da Hemodiálise: expressão e autocuidado. Na foto: Silvana Fernandes da Rosa, 50 anos (Foto: ANDRÉ ÁVILA/ Agência RBS)
Silvana usa a pintura para se distrair durante a hemodiáliseFoto: André Ávila / Agencia RBS

Aceitação

Diante do clima silencioso do local, interrompido apenas pelo bipes das máquinas trabalhando, a profissional em educação física resolveu propor a ocupação do tempo das sessões com a atividade de pintura. No início, por ser tratada como algo infantil, o ato de colorir os desenhos acabou não sendo tão aceito. Porém, o empenho dos profissionais auxiliou na mudança desta visão.

— A arte é uma maneira de se expressar, dedicar seu foco e atenção em outra atividade. Isso é importante para que os pacientes pensem em outras possibilidades de vida, não se tornem introspectivos somente por causa do tratamento — acredita a responsável pelo projeto.

Para comemorar o sucesso da ação, o Serviço de Educação Física e Terapia Ocupacional vai expor 50 pinturas feitas por 18 pacientes. Os trabalhos estarão reunidos na I Mostra Cores da Hemodiálise: expressão e autocuidado. Os próprios pacientes, assim como seus familiares e os profissionais do Clínicas foram convidados para conferir os trabalhos de perto durante o II Simpósio Multidisciplinar em Nefrologia do HCPA. 

Pacientes aprovam iniciativa

A sala de hemodiálise do Clínicas já faz parte da rotina da auxiliar de cozinha aposentada Silvana Fernandes da Rosa, 50 anos, há dois anos. A rotina de luta contra os problemas nos rins se estende desde 2007. Nas terças, quintas e sábados, ela passa quatro horas deitada junto da máquina que substituiu a função dos órgãos que já não funcionam mais. Silvana se diz uma pessoa ativa, a rotina de tratamento não lhe impede de cursar informática e fazer parte de uma turma de Educação de Jovens e Adultos (EJA). A proposta de colorir os desenhos foi mais uma atividade agregada a sua rotina. Ela aprova o projeto e conta boas experiências sobre a iniciativa.

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 2019.09.10 - O Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) criou uma iniciativa para ajudar na autoestima dos pacientes que fazem hemodiálise. Durante as sessões e no tempo livre que tem casa, estas pessoas fazer a pintura de desenhos que são distribuídos pelo Serviço de Educação Física e Terapia Ocupacional. Para comemorar o sucesso da iniciativa, as artes coloridas pelos pacientes serão expostas em um simpósio do Clínicas. O evento foi batizado de I Mostra Cores da Hemodiálise: expressão e autocuidado. Na foto: Angélica Nickel Adamoli, profissional de Educação Física  (Foto: ANDRÉ ÁVILA/ Agência RBS)
Angélica Nickel Adamoli trabalha no projeto e propôs a exposiçãoFoto: André Ávila / Agencia RBS

— Eu me distraio, levo os desenhos para pintar em casa. É uma atividade que alivia o estresse. Esses dias pintei um muito bonito e presentei a Angélica no dia do aniversário dela — compartilha Silvana.

Viver

Aos 76 anos, Darci Neitzke Fiedler diz que a hemodiálise é um desafio até pequeno diante de outras dificuldades que já passou. Brincalhona, a senhora de olhos azuis cristalinos e uma ponta de sotaque alemão, resquício de sua origem familiar, diz que "gosta muito de viver". Três vezes por semana, ela vem de Viamão para fazer o tratamento no Clínicas. Com problemas nas pernas, causados por um atropelamento e acentuados pelo diabete, Darci não mostra nenhum sinal de abatimento:

— A gente nunca deve dizer que não consegue, que não vai dar. Depois de tudo que eu passei, posso dizer que é importante aproveitar cada momento da vida

Apaixonada pela arte de cozinhar, Darci é conhecida por distribuir receitas entre os profissionais e pacientes. No projeto das pinturas, além de colorir as formas entregues pela equipe do Clínicas, ela faz os próprios desenhos. 

— Gosto de desenhar casas. Essa aqui tem até uma lagoa com alguns patinhos — aponta ela, enquanto colore a figura de um personagem do desenho animado Os Smurfs.

A mostra

/// O evento ocorre no dia 15 de setembro de 2019.
/// O horário para visitação é das 8h às 17h30min.
/// Os trabalhos estarão no saguão do 2ª andar do HCPA.
/// Familiares, amigos e o pessoas que estivem no hospital podem conferir os desenhos.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros