O Diário Gaúcho te ajuda a entender por que a alface ficou mais barata - Notícias

Vers?o mobile

 
 

EXPLICA AÍ27/09/2019 | 05h00Atualizada em 27/09/2019 | 05h00

O Diário Gaúcho te ajuda a entender por que a alface ficou mais barata

Ingrediente que não pode faltar na salada, a alface vem registrando queda no preço. A explicação para isso está na produção e no consumo. A colunista de agronegócio Gisele Loeblein conta por que a verdura fica mais barata nos meses de frio.

O Diário Gaúcho te ajuda a entender por que a alface ficou mais barata Felipe Nyland/Agencia RBS
Alface mais barata nas feiras e supermercados Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Desde quando o preço da alface começou a cair?
Monitoramento feito pela Associação Gaúcha de Supermercados mostra que o valor do pé de alface vem caindo desde o mês de junho. Passou de R$ 2,38 para R$ 1,94, o que significa redução de quase 23% no período. Na Centrais de Abastecimento do Estado (a Ceasa, que fica em Porto Alegre), onde produtores vendem principalmente para estabelecimentos comerciais, também há queda: o valor médio da unidade nesta semana era de R$ 0,50, metade do que custava no final de junho. Teve súper fazendo promoção e vendendo alface a R$ 0,07.

Leia mais
O Diário Gaúcho te ajuda a entender a Campanha da Legalidade
Entenda a proposta que acaba com a multa para quem não usar a cadeirinha no carro

Por que isso ocorre?
Há mais de um motivo que faz com que o preço caia neste período. Um deles é o consumo. Durante os meses de frio, as pessoas acabam comendo menos folhosas (caso da alface) cruas, dando preferência por itens que possam ser cozidos ou utilizados em sopas. Por outro lado, a quantidade produzida vem crescendo. Os agricultores estão usando cada vez mais mais tecnologia, o que melhora o resultado final. E em um mesmo ano, existem várias safras de alface. Quando a primavera fica mais próxima, o desenvolvimento também fica mais rápido. Como se produz mais do que se vende, o produto acaba ficando mais barato.

Até quando o valor seguirá caindo?
O atual preço médio da alface na Ceasa, R$ 0,50, é considerado dentro da normalidade. Como existem várias colheitas ao longo do ano – e fatores fora do padrão podem ter impacto –, a variação pode ser para mais ou para menos. A chegada da primavera traz temperaturas mais altas. A tendência é de que as pessoas voltem a comer mais salada. Com mais gente querendo comprar, o produto pode ficar mais caro. Da semana passada para cá, por exemplo, já houve leve alta no preço mínimo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros