Magali Moraes e uma comemoração em dose tripla - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Coluna da Maga11/10/2019 | 10h00Atualizada em 11/10/2019 | 10h00

Magali Moraes e uma comemoração em dose tripla

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e uma comemoração em dose tripla Fernando Gomes/Agencia RBS
Magali Moraes Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

O Dia das Crianças sempre foi um momento muito esperado por mim e meus irmãos. É que os nossos aniversários se misturam com essa data: o caçula tá de níver hoje (parabéns, Luciano Reggiani!). O mais velho nasceu bem no Dia das Crianças. E eu, um dia depois. Crescemos sabendo que era um único presente pelas duas datas (e não tinha choro). Três librianos que se amam e assopram as velinhas nos dias 11, 12 e 13 de outubro. Três crianças completando 51, 54 e 52 anos. Quem disse que precisa ser adulto o tempo todo? 

Tem gente que lembra da infância com riqueza de detalhes. Eu lembro de momentos, de risadas, de cheiros, das peças da casa, do nosso quarto com três camas e (claro) das nossas festas de níver. Os parentes marchavam com três presentes de uma só vez. A mãe e o pai agradeciam com fartura de salgadinhos, docinhos e tortas. No dia seguinte, a geladeira seguia em festa. Às vezes, as sobras duravam a semana toda. Herdei a mania de calcular sempre pra mais a comida. 

Leia mais colunas da Maga 

Pequenos 

Criança precisa conviver com criança. Esse é o melhor presente que a gente pode dar aos pequenos. Cresci cercada de irmãos, amigas, primos e primas. Ô tempinho bom! E depois de adulta, me reaproximei dos primos que mudaram de estado. Sou eternamente grata ao Facebook por isso. Nossos filhos também cresceram, e é demais acompanhar (apesar da distância) a nova geração da família. A criança que eu fui segue pulando dentro de mim, e me mantém curiosa pela vida.

Meus meninos hoje são homens barbudos e maravilhosos. Não sei o quanto eles lembram da infância, mas o que não falta lá em casa é foto pra ajudar a relembrar. Os dois também cresceram rodeados de uma gurizada feliz. E sempre comemoravam o Dia das Crianças. Mas presente mesmo foi ralarem os joelhos em tantas brincadeiras. Bom, vou terminando por aqui. Preciso guardar fôlego pra assoprar minhas 52 velinhas neste domingo. Feliz Dia das Crianças! Bom feriado pra quem folga amanhã!


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros