Ônibus cai em buraco, quebra eixo, derruba mureta de corredor e deixa oito feridos em Porto Alegre - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Zona norte10/10/2019 | 15h39

Ônibus cai em buraco, quebra eixo, derruba mureta de corredor e deixa oito feridos em Porto Alegre

Cerca de 50 pessoas estavam no veículo que trafegava pela Avenida Baltazar de Oliveira Garcia

Um buraco aberto no asfalto do corredor de ônibus da Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, zona norte de Porto Alegre, foi o causador de um acidente que terminou com oito feridos na manhã desta quinta-feira (10). Um coletivo da empresa Soul, que saiu de Alvorada às 8h30min em direção ao centro da Capital, atingiu a cratera de 15 centímetros de profundidade e cerca de um metro de diâmetro, o que provocou a quebra do eixo dianteiro do veículo. O ônibus invadiu a faixa contrária e subiu a mureta, que ficou parcialmente destruída.

Carla Dornelles, 35 anos, aguardava na parada e presenciou o acidente.

— Eu vi quando caiu no buraco, deu um estouro e ele subiu o muro. Pensei "vou morrer", com medo que viesse contra mim e meu filho.

Leia mais
Projeção de queda recorde no número de passageiros adia chance de descontos na tarifa de ônibus em Porto Alegre
Da promessa de transporte do futuro à remoção: a linha do tempo do aeromóvel do Gasômetro
Limpeza, infraestrutura e acessibilidade: como estão os terminais de ônibus de Porto Alegre

O condutor afirmou que perdeu completamente o controle do veículo após cair no buraco e não teve como desviar. 

— Sorte que não vinha ninguém no sentido contrário — relatou, sem se identificar.

Além das rodas dianteiras, três pneus traseiros estouraram no momento da batida. O pára-choques frontal e parte da lataria também foram avariados.

Dentro do coletivo, a cena narrada foi de passageiros caindo sobre os outros. Havia cerca de 50 pessoas no momento da colisão, segundo a empresa Soul.

— O ônibus estava lotado, foi um pânico. Eu estava em pé e todo mundo que estava atrás acabou caindo pra frente e outros saíram correndo — relata Herta Janner, 43 anos, enquanto era atendida pelo Samu. Ela sentia dores na lateral do corpo, mas nenhuma lesão aparente. 

Derrubada pelos passageiros, uma janela lateral foi usada como saída de emergência durante o tumulto.

De acordo com as atendentes do serviço de urgência, quatro pessoas foram encaminhadas ao hospital Cristo Redentor. Nenhuma teve fratura. Os outros quatro feridos foram atendidos no local e liberados.

Policiais do 20º BPM da Brigada Militar, que atenderam a ocorrência, afirmaram que há um buraco semelhante em outro ponto do corredor, e pediram à Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) que interdite o corredor.

— Imagina se de dia já dá isso, como vai ser à noite? — questionou um soldado da BM que pediu para não ser identificado.

Após a colisão, a Divisão de Conservação de Vias Urbanas (DCVU) deslocou uma equipe para realizar a repavimentação do buraco no corredor de ônibus da Avenida Baltazar de Oliveira Garcia.

Um caminhão guincho chegou ao local às 10h30min e trabalha para içar o ônibus. O corredor está bloqueado desde as 9h30min, e uma faixa de automóveis da Baltazar, no sentido à Região Metropolitana, também foi interditada.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros