Prefeitura tem três meses para evitar redução em ritmo de obras da Copa de 2014 - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso28/10/2019 | 08h26

Prefeitura tem três meses para evitar redução em ritmo de obras da Copa de 2014

Projetos em andamento precisam ser finalizados para que construção não sofra impacto novamente

Prefeitura tem três meses para evitar redução em ritmo de obras da Copa de 2014 Mateus Bruxel/Agencia RBS
Depois de seis anos, ampliação da avenida ainda está na metade Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Três meses depois de ter reiniciado, a ampliação da avenida Severo Dullius, na Zona Norte de Porto Alegre, poderá ser impactada novamente. Neste período, a prefeitura precisa atualizar o contrato com a construtora Procon, empresa responsável pela obra. 

LEIA MAIS
Falta de fraldas fornecidas pela rede pública afeta pessoas com deficiência
Buraco toma conta de calçada no bairro Jardim Sabará, na Capital
Estudantes buscam apoio para expor pesquisa na Espanha 

Estão sendo desenvolvidos três projetos: um prevendo um desvio no traçado por causa do Arroio Passo da Mangueira, outro planejando a ligação do trecho novo com a Rua Dona Alzira, e o último que trata da reconstrução de ponte sobre canal do Arroio Areia. 

Eles devem ser concluídos ainda em outubro. Depois disso, a prefeitura precisa aprová-los, orçá-los e aprovar um novo aditivo. Se não for possível realizar essa atualização até janeiro de 2020, a obra deverá sofrer redução no ritmo dos trabalhos. 

Atualmente, a construção está concentrada em um trecho de 500 metros. Em julho, a obra foi retomada depois de ter ficado três anos parada. Na ocasião, a prefeitura conseguiu aprovar e publicar um novo aditivo. A publicação do edital permitiu que a Caixa Econômica Federal liberasse mais R$ 1,8 milhão para a construção e impediu que o repasse de verbas fosse suspenso.

A ampliação de 1,9 quilômetro da avenida está 49% concluída. Falta ainda executar a construção de duas pontes e o trecho que liga a Severo Dullius à rua Dona Alzira. Também haverá a contratação da instalação da iluminação pública e a colocação de gradis, estimada em R$ 9,9 milhões. A previsão da prefeitura é que a obra seja concluída em junho de 2021.

O valor total atualizado da construção é de R$ 107,5 milhões, contando os ajustes ainda necessários no contrato e outros R$ 14,8 milhões em desapropriações. Deste total, a empresa já recebeu R$ 57,9 milhões. 

Anos de impasse

A obra, prevista para a Copa de 2014, teve a primeira ordem de início em junho de 2013, oito meses após a assinatura do contrato, que ocorreu em novembro de 2012. A construção do trecho entre a Avenida Dique e a Rua Sérgio Dieterich demorou para iniciar porque foi necessário, primeiro, desviar a avenida de um antigo aterro sanitário. A primeira etapa do prolongamento foi executada com recursos de contrapartida de uma rede de supermercados. 

O curioso é que a obra já começou com um aditivo de ajuste de projeto. Depois, foram mais três aditivos aprovados, sendo dois por mudança de prazo e um motivado por ajuste no projeto, que foi doado pela iniciativa privada ao governo municipal. 

Em junho de 2016, uma das obras da ampliação se rompeu. O talude do Arroio Areia foi danificado e todos os serviços realizados até então - como a construção de talude, pilares e ponte - foram perdidos. 

Perito analisa erro de projeto

Segundo a Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão, em fevereiro de 2017, no início da atual gestão, a empresa comunicou a parada da obra em função do atraso de pagamento e da falta de solução para o rompimento do talude. 

O problema da falta do dinheiro foi resolvido em fevereiro de 2018, quando a prefeitura conseguiu efetivar um empréstimo com o Banrisul para pagar valores não previstos no contrato com a Caixa. Sobre o rompimento do talude, a empresa Procon apresentou um laudo mostrando que houve erro de projeto. A prefeitura contratou um perito para apurar as causas e as responsabilidades.

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros