Magali Moraes: daqui a pouco é Natal - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Coluna da Maga04/11/2019 | 09h00Atualizada em 04/11/2019 | 09h00

Magali Moraes: daqui a pouco é Natal

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes: daqui a pouco é Natal Fernando Gomes/Agencia RBS
Magali Moraes Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Achei melhor dar essa notícia de supetão. Viu que dia é hoje? Quatro de novembro!! E isso significa que o Natal está logo ali. Parece que foi ontem que eu desmontei a árvore. Como pode passar tão rápido? Setembro e outubro voaram. Até o famigerado agosto não se arrastou tanto. Mas o que me chocou de fato foi descobrir que a Feira do Livro de Porto Alegre já começou. Desde sexta passada, as barracas estão colorindo a Praça da Alfândega e incentivando as pessoas a lerem mais. 

Agora é real oficial: o ano acabou. Melhor ficar de olho nas ofertas de peru. O que mais dá pra adiantar? A sobremesa. A polêmica se precisa ter salada ou não. Quem sabe o pessoal que odeia uva passa já fala mal dela, e a gente pula essa parte. O tio do pavê ou pra comê também pode fazer sua piadinha infame de uma vez. Se é pra 2019 terminar em 3... 2... 1, prefiro lembrar do que o final de ano traz de melhor: o pessoal que mora longe e volta para as festas. Amo esses reencontros, venham logo!

Leia mais colunas da Maga 

Pedido

Um lado da minha família anda bem afastado. Será que neste Natal vamos conseguir nos ver? Acho que esse vai ser o meu pedido pro Papai Noel. Nos (re)unir. O que todo mundo já pode providenciar é o amigo secreto. Se bem que eu trocaria as lembrancinhas embrulhadas por novas lembranças criadas. Elas duram mais que presente. Alguém aí se oferece pra pegar caneta e papel, escrever os nomes e dobrar os papeizinhos? Não vale devolver mentindo que se tirou, hein? Deus tá vendo.

Falando em caneta e papel, tem outra coisa que eu adoro. As resoluções de ano novo. E, antes delas, as retrospectivas. Justamente porque o ano passa rápido é legal parar pra pensar no que aconteceu de bacana e naquilo que nem precisava ter acontecido. Tudo tem uma razão de ser, né? Seu ano foi tudo aquilo que você esperava? Entre perdas e ganhos, valeu a pena? Quais são os sonhos que ficaram pra 2020? Lembrando que o próximo ano é bissexto. Teremos 24 horas a mais pra ser feliz.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros