Mais de 10 milhões devem ser beneficiados pelo saque complementar do FGTS; entenda as regras  - Notícias

Versão mobile

 
 

Dinheiro extra 13/12/2019 | 22h31Atualizada em 13/12/2019 | 22h31

Mais de 10 milhões devem ser beneficiados pelo saque complementar do FGTS; entenda as regras 

A retirada poderá ser feita a partir de 20 de dezembro

Iarema Soares e Agência Brasil

iarema.soares@zerohora.com.br

Em transmissão realizada no Facebook, o vice-presidente do Agente Operador da  Caixa Econômica Federal, Paulo Henrique Angelo Souza, explicou como funcionará o saque complementar do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), no valor de  até R$ 998. A quantia passará a ser paga a partir de 20 de dezembro e ficará disponível até 30 de março de 2020. 

Durante a transmissão, Souza afirmou que a medida afetará milhões de brasileiros: 

— Mais 10 milhões de pessoas serão beneficiadas e serão movimentados mais de R$ 2,6 bilhões. 

O novo saque é firmado no saldo que o trabalhador tinha em sua conta do fundo – ativa ou inativa – no dia 24 de julho deste ano. 

Aqueles que tem conta na Caixa e receberam a primeira parcela via crédito em conta, vão receber o benefício, de forma automática, na mesma conta. Já quem não é cliente da Caixa pode sacar o valor em terminais de autoatendimento, no caixa das agências e lotéricas.

Souza informou ainda que as agências do banco terão horário diferenciado para atender o público.

 — Algumas (agências) terão horário estendido, em duas horas, nos dias 18, 19 e 20 de dezembro. Porque vamos atender também os nascidos em novembro e dezembro que têm direito à primeira rodada do saque imediato — disse ele que ressaltou ainda que, desta vez, os bancos não abrirão aos sábados. 

Como saber se tenho direito ao benefício?

Para saber se tem direito ao saque adicional, o trabalhador deve consultar o extrato do FGTS na página na Caixa na internet. A consulta também pode ser feita no aplicativo FGTS, disponível nos smartphones dos sistemas operacionais Android, iOS. Para a consulta, basta o trabalhador digitar o número do CPF e a senha para verificar o extrato.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros