Manoel Soares dá um toque para os marrentos - Notícias

Vers?o mobile

 
 

PAPO RETO 14/12/2019 | 05h00Atualizada em 14/12/2019 | 05h00

Manoel Soares dá um toque para os marrentos

Colunista escreve no Diário Gaúcho aos sábados

Manoel Soares dá um toque para os marrentos Lauro Alves/Agencia RBS
"Irmãos entram numas de mostrar que são os caras" Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Meter marra, botar banca, crescer as unhas. Esses são alguns dos termos que definem nosso papo de hoje. Fico abismado como alguns irmãos entram numas de mostrar que são os caras com carro, dinheiro ou mulheres. 

Leia mais colunas de Manoel Soares

Sempre que alguém tem a necessidade de mostrar que tem algo, é porque esse algo não é parte da verdade dele. Quem tem não se exibe, seja um talento ou algo material. Isso porque a necessidade de autoafirmação é resultado de uma baixa autoestima. 

Geralmente, são pessoas que têm alguma coisa pequena na vida e tentam compensar mostrando sua superioridade em outro lugar. Minha coroa dizia que, no tempo dela, havia um ditado: “A paulada vem de acordo com o tamanho do cachorro”. 

Esse provérbio não é para estimular a agressão aos animais, mas para lembrar que, se mostrarmos que somos isso ou aquilo e que temos mais que todo mundo, a vida vai exigir que banquemos esse blefe. Ter humildade e ficar na sua mesmo quando está forrado não é vergonha, é inteligência. Quem abre a boca demais para contar vantagem geralmente tem poucas ideias e personalidade fraca.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros