Magali Moraes e as pessoas que amam ir ao supermercado - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Coluna da Maga22/01/2020 | 08h00

Magali Moraes e as pessoas que amam ir ao supermercado

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes e as pessoas que amam ir ao supermercado Fernando Gomes/Agencia RBS
Magali Moraes Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Não sou desse time, é bom esclarecer de cara. Vou porque preciso. Volto porque nunca faço uma lista decente e esqueço a metade. Será que as pessoas que amam ir no súper esquecem de propósito de comprar alguma coisa pra ter a desculpa de voltar logo? Tem cada doido nesse mundo, não duvido de nada. Quem entra na fila do pão quentinho todos os dias não faz isso só pelo pão. É o hábito de bater ponto no súper, encontrar os vizinhos, dar um rolê, ver as novidades.

Tem esse lado. Ir no supermercado é uma chatice pra uns, mas pode ser uma distração pra outros. Vai que a pessoa mora sozinha, fica muito tempo em casa e não tem com quem conversar. O súper é um baita passeio. Pode puxar papo e perguntar onde está a massa de pastel. Ou comentar com alguém o preço alto do leite. Inflação e ofertas são grandes geradores de conversa. E corredores cheios de etiquetas de preço são o palco perfeito. Já eu quero achar logo o requeijão e o pimentão, ir pro caixa e cair fora.

Leia mais colunas da Maga 

Visão

Peraí que tem um lado que eu gosto, sim. Apagando da visão todos os produtos e até o pão quentinho, sobra uma parte que me interessa muito: as pessoas. Em cada carrinho, uma vida pra observar. Acho graça dos homens perdidos na frente dos absorventes (é com ou sem abas?). Eu fico assim na prateleira dos aparelhos de barbear (é com 3 ou 5 lâminas?). Birras de crianças no supermercado me fazem acreditar que sou uma mãe pulso firme - ou será que os meus também faziam isso e não lembro? 

Tenho certeza que o relógio anda mais devagar que o normal na seção de frutas e verduras. Por isso a gente demora o dobro do tempo ali. Quem ama súper vai discordar. E quando a pessoa tá no caixa e descobre que pegou um iogurte com tampa furada? Aqui vai a minha teoria. Um legítimo adorador de súper volta sorridente até a seção dos laticínios. Tem um longo caminho pra abanar pro gerente, conferir ofertas, degustar uma provinha de linguiça. Nós desistimos do iogurte. 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros